logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Mateada chamou a atenção para a saúde mental

Compartilhe!

Profissionais de saúde estiveram reunidos no sábado, dia 20, em uma mateada alusiva à campanha Janeiro Branco, mês de conscientização sobre saúde mental. A mobilização ocorreu no chimarródromo do Centro Esportivo Expedicionário Cícero Cavalheiro e também contou com a participação de representantes de entidades e da comunidade.

Os objetivos da atividade foram divulgar informações sobre transtornos mentais e a rede de atendimento disponível em São Luiz Gonzaga. “A campanha Janeiro Branco visa promover a conscientização das pessoas sobre saúde mental. Esse é um tema que sempre foi cheio de tabus. Então foi criada essa campanha, para desmistificar e conscientizar a comunidade, para que as pessoas procurem tratamento e saibam o que os municípios têm a oferecer”, afirmou o coordenador técnico da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o médico neurologista José Renato Grisolia.

A coordenadora do CAPS II – Saúde Mental, Ionara Comparsi de Morais, comentou sobre os atendimentos realizados pelo centro. “No CAPS II, o maior serviço municipal para atendimento psicossocial, o aumento da demanda tem sido considerável. Além disso, percebemos também uma mudança de público. Semanalmente, recebíamos de três a seis pacientes novos com sinais de transtornos de humor ou psicose, na faixa etária de 20 a 50 anos. Hoje, recebemos de cinco a 12 pacientes novos, na faixa etária de 10 a 30 anos. A maior prevalência são os transtornos ansiosos e depressivos. Também percebemos que, em geral, a adesão aos tratamentos tem sido menor, com a busca focada no tratamento medicamentoso como forma de solucionar os problemas de forma imediata, o que nem sempre acontecesse”, destacou.

Atendimento – A Rede Municipal de Saúde possui dois centros de atendimentos para tratamento de transtornos mentais: o CAPS II – Saúde Mental e o CAPS AD (o qual trata exclusivamente situação de dependência química). Para mais informações sobre o atendimento, é possível contatar os centros por meio dos números (55) 3352-9011 (CAPS Saúde Mental) e (55) 3352-9090 (CAPS AD). Também é disponibilizada uma ala para internações psiquiátricas no Hospital São Luiz Gonzaga, a qual é gerida pelo Governo do Estado. De forma particular, psicólogos e psiquiatras atuam em seus consultórios no município.

Foto: Prefeitura São Luiz Gonzaga

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.