logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Inicia a vacinação contra a gripe em São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Iniciou nesta segunda-feira (25) mais uma edição da Campanha de Vacinação contra a Influenza em São Luiz Gonzaga. Segundo a coordenadora do Centro de Saúde, Agueda Balbé, em entrevista para o programa Jornal da Manhã,  a mobilização ocorrerá em etapa única – com o objetivo de imunizar os grupos prioritários – e seguirá até o dia 31 de maio. A meta é imunizar 17 mil pessoas no município.

O público-alvo da campanha são crianças de seis meses a seis anos incompletos; gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto); pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde de diferentes níveis de complexidade; indígenas; pessoas com comorbidades; adolescentes em medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema de privação de liberdade; professores e demais trabalhadores da educação; forças de segurança e salvamento; forças armadas; pessoas com deficiência; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso; trabalhadores portuários e pessoas em situação de rua.

A imunização do grupo de pessoas com comorbidades é direcionada para pacientes entre seis anos e 59 anos, os quais possuam alguma doença respiratória crônica, doença renal crônica, doença cardíaca crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, obesidade, imunodeprimidos, transplantados ou trissomias.

As pessoas que integram o público-alvo da campanha deverão ir até a unidade de saúde da área de domicílio para receber a dose da vacina. O imunizante estará disponível no Centro de Saúde, das 7h  às 13h e nas ESFs do município que possuem salas de vacinas, das 7h ao meio-dia e das 13h às 16h.

As pessoas que integram os grupos prioritários da mobilização precisam comparecer à unidade de saúde portando a carteira de vacinação, CPF e cartão SUS. Para a imunização por categorias profissionais, também é necessário apresentar algum documento que comprove o exercício da profissão. Já as pessoas com comorbidades precisam apresentar algum documento comprovante da doença.

As crianças menores de seis anos é obrigatória a apresentação da Carteira de Vacinação para a verificação das doses anteriores. Conforme a pasta, crianças nessa faixa etária e que nunca foram vacinadas contra a gripe, receberão duas doses. Antes, o registro não era feito via sistema, somente nas cadernetas de vacinação, por isso é fundamental a apresentação desse documento.

Fonte: Rádio Missioneira | Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

 

 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.