Imunização de pessoas com 35 anos ou mais com comorbidades ou deficiência permanente inicia nesta quinta-feira

Compartilhe!

Além dos documentos padrões, é necessário apresentar (original e cópia) de documentos comprobatórios que a incluam no grupo prioritário  

Nesta quinta-feira, 13 de maio, a faixa etária do público-alvo da campanha de imunização contra a covid-19 será ampliada.  Podem procurar as unidades de saúde para a 1ª aplicação da vacina as pessoas com 35 anos ou mais que possuem comorbidades e pessoas com 35 anos ou mais com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC). As doses aplicadas são da Fiocruz/AstraZeneca. Também é realizada a imunização de puérperas (acima de 18 anos) e pessoas com Síndrome de Down (acima de 18 anos). Conforme recomendação da Anvisa, o município suspendeu temporariamente a vacinação de gestantes.  

Para a imunização, é necessário apresentar um documento de identificação, cartão SUS e caderneta de vacinação. Além dos documentos padrões, a pessoa deve apresentar (original e cópia) de documentos comprobatórios que a incluam no grupo prioritário para receber a vacina. Por exemplo, no caso das pessoas com comorbidades, é possível apresentar exames, receitas, atestado médico com o CID, prescrições médicas, etc. As cópias serão arquivadas nas unidades de saúdes. 

As ESFs realizam atendimento das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 16 horas. Já o atendimento no Centro de Saúde ocorre das 7 horas até às 13 horas.   

Fonte: Larissa Dorneles | Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA  

Foto: Arquivo