Grupo Amigas do Bem anuncia 2º Brechó e grandes objetivos para esse ano - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
13 de fevereiro de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Grupo Amigas do Bem anuncia 2º Brechó e grandes objetivos para esse ano

Amigas do Bem na Rádio Missioneira, em fevereiro divulgando o Brechó Solidário. (Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira)
13 de fevereiro de 2019 l 10:32
Materia atualizada: 13/02/2019 l 16:03




Compartilhe!
  • 163
    Shares

Entidade de Assistência Social que muito tem feito pela comunidade, principalmente em benefício do Hospital São Luiz Gonzaga, o grupo Amigas do Bem promoverá em março a 2ª edição do Brechó Solidário. O evento ocorre nos dias 16 e 17/03, no Clube Harmonia.

O programa Jornal da Manhã desta quarta-feira (13) teve a participação de Claudia Juchem, Clóris Oliveira e Regina Fontoura que representaram o grupo e divulgaram mais informações sobre o brechó, que tem como finalidade principal o auxílio do Hospital. No primeiro dia (sábado) o horário de atendimento será das 9h às 21h. Já no domingo, o brechó estará aberto das 9h às 17h. Desde já o grupo está recebendo doações de roupas, calçados, artigos para casa etc.

Aplicação dos recursos

Regina ressaltou que o dinheiro obtido com o brechó é diretamente aplicado na reforma da ala do SUS do Hospital. Claudia ressaltou a satisfação da entidade com os resultados do trabalho até o momento, possibilitando a reforma de 22 quartos da ala do SUS. Entretanto, paralelo a isso, as Amigas do Bem também trabalham com outros projetos.

Clóris divulgou campanha onde o grupo distribuiu cofrinhos pelas lojas, onde as pessoas podem depositar voluntariamente qualquer valor para contribuir com as ações da entidade, que também recebe doações por meio de conta na Sicredi, agência 0307 conta 13706-1.

Associação de Utilidade Pública

Durante a entrevista, Claudia ressaltou que dos grandes objetivos do grupo a curto prazo é buscar o status de Associação de Utilidade Pública. Para isso eles precisam que o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidnei Brondani, publique um decreto declarando a entidade como tal. A partir daí, as Amigas do Bem teriam a condição de acessar bens apreendidos pela Receita Federal e vendê-los, revertendo essa renda para o Hospital.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados