Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Garruchos: implantação de pomar coletivo insere estudantes em proposta de segurança alimentar

Compartilhe!

Projeto visa permitir que crianças e adolescentes tenham acesso a frutas diversas durante o ano todo

Estudantes da Escola Municipal 21 de Abril, do município de Garruchos, passam a conhecer na prática formas de promover o acesso a uma alimentação saudável e diversificada. A proposta de promoção de segurança e soberania alimentar envolveu o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar e as Secretarias de Educação, Obras e Agricultura, e a preparação do local e a implantação das mudas foram finalizados no dia 16 de setembro e torna-se um primeiro passo para permitir que crianças e adolescentes tenham acesso a frutas diversas durante o ano todo, assim como para que o espaço seja aproveitado para a realização de atividades técnicas sobre fruticultura voltadas à comunidade.

Na unidade, que fica ao lado da escola, foram cultivadas 70 mudas de frutíferas variadas.

Esperamos alcançar o objetivo de proporcionar diversidade na alimentação escolar e fomentar o consumo de frutas entre as crianças, bem como servir como área de ensino de atividades relacionadas à fruticultura em parceria com a escola municipal 21 de Abril”, destaca o extensionista da Emater/RS-Ascar Ezequiel Perini Pavelacki.

A extensionista social Cassiana Marin Krebs lembra que a proposta de pomares escolares surgiu de uma demanda da Prefeitura de Garruchos, idealizada pelo prefeito Roland Schatz, que observando a necessidade de complementar a merenda escolar procurou o escritório da Emater/RS-Ascar para, juntas as equipes formatarem um planejamento que proporcionasse o acesso a frutas na maior parte do ano, ao mesmo tempo em que eram levadas em conta características nutricionais relevantes, como a disponibilidade de vitaminas e minerais indispensáveis para o desenvolvimento das crianças.

Para a elaboração do projeto foram coletadas amostras de solo e posterior análise de fertilidade, com vistas a garantir as melhores condições para o desenvolvimento e longevidade dos pomares. Com pomares implantados em duas escolas municipais de Garruchos, na Escola 21 de abril e também na Escola José Rodrigues, o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar observa uma oportunidade para trabalhos com educação alimentar dos estudantes, bem como atividades voltadas à fruticultura, dialogando com agricultores e outras pessoas afeitas à produção de alimentos sobre aspectos técnicos na implantação de pomares domésticos e sua posterior condução e manejo.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Santa Rosa – Jornalista Deise A. Froelich