Frustrações no exterior aumentam importância do trigo, mas clima ainda é um fator que pode atrapalhar - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
28 de agosto de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Frustrações no exterior aumentam importância do trigo, mas clima ainda é um fator que pode atrapalhar

Foto: divulgação internet
28 de agosto de 2020 l 16:42
Materia atualizada: 28/08/2020 l 17:20




Compartilhe!

Presidente da Fecoargo, Paulo Cezar Vieira Pires participou de live ontem (27), promovida por meio de convênio de sua entidade com a “Safras e Mercados”. Na ocasião, três especialistas falaram para dirigentes e executivos de cooperativas, com foco no momento do mercado do trigo.

Em entrevista no programa Jornal da Manhã desta sexta, Paulo disse que, diante de frustrações em locais como a Rússia, Argentina e na Europa como um todo, o preço do trigo está muito atrativo, restando como contratempo para o produtor gaúcho a questão do clima. Infelizmente já se tem a noção de perdas significativas com a geada, mas informações mais detalhadas ainda serão divulgadas.

Impulsionada pelo dólar, a soja segue com preço muito bom, porém, cabe ao produtor fazer uma boa gestão desse bem. Segundo o entrevistado, atualmente, 27% da safra gaúcha já está vendida (contratos futuros), sendo que a média histórica era de 9%. Já a média do Brasil é de 43% da safra negociada. Outra novidade relacionada a soja é o status, alcançado pelo Brasil, de maior exportador de soja do mundo, sendo que, internamente, nossas indústrias de biodiesel ainda importam soja. Esse é mais um indicativo de que o preço tende a seguir firme.

Finalizando com a questão tributária estadual e federal, Paulo Pires criticou o movimento em torno de uma tributação do agro, uma vez que essa atividade vem dando uma grande contribuição para a economia do País por meio do seu próprio crescimento. Mesmo assim, observa-se o crescimento das propostas de tributação em torno do agro, inclusive nos insumos, o que, para Paulo, é inconcebível.

Na próxima terça-feira ocorre audiência com o governador Eduardo Leite, onde vai se propor uma reforma tributária mais justa, além de, antes disso, uma reforma administrativa. A recomendação da Fecoargo e suas entidades parcerias é de que, hoje, os deputados votem contra a reforma proposta pelo Governador.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados