Fecoagro realiza audiências em Brasília com líderes do Governo Bolsonaro - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
3 de abril de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Fecoagro realiza audiências em Brasília com líderes do Governo Bolsonaro

Momento da audiência com o ministro da Casa Civil, Onix Lorenzoni. Fotos: divulgação Fecoagro
3 de abril de 2019 l 10:19
Materia atualizada: 04/04/2019 l 13:52




Compartilhe!
  • 19
    Shares

Paulo Pires elogiou recepção da ministra Tereza Cristina aos pleitos das cooperativas

Em uma mobilização de diretores da Fecoagro, que também são presidentes de cooperativas, diversas audiências foram realizadas pelo grupo na terça (2), com importantes autoridades do Governo Federal. Presidente da Fecoagro, Paulo Pires esteve presente nos encontros e falou sobre os objetivos da visita à Capital Federal no programa Jornal da Manhã desta quarta-feira.

Junto com presidentes de cooperativas e também conselheiros da Fecoagro, Paulo Pires visitou o ministro da Casa Civil, deputado Onix Lorenzoni (DEM). Na ocasião, foram expostas dificuldades atuais com a concessão de crédito rural. Como as cooperativas representam 30% dos financiamentos para pequenos produtores, essa questão é observada de perto pelas entidades do setor.

Com a promessa de que o Plano Safra será anunciado até o mês de junho, os representantes das cooperativas querem saber o que o Governo poderá ofertar. Esse assunto também foi levado ao presidente da Frente Parlamentar da Agricultura, deputado Alceu Moreira (MDB) e à ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Segundo Paulo Pires, tanto Alceu como Tereza estão alinhados com as demandas da Fecoagro.

Reunião com o deputado federal Alceu Moreira foi igualmente proveitosa

Novo modelo

Com o novo governo e as expectativas de mudanças, os representantes das cooperativas querem assegurar que os interesses do produtor rural sejam mantidos neste processo de transição. Para o entrevistado, desenha-se um modelo de Estado menos participativo por parte do poder público no agro, fruto da estratégia do ministro Paulo Guedes.

Mesmo que o Ministro da Economia pense em algo diferente para o sistema de concessão de crédito rural, e seguro agrícola, Paulo Pires diz estar seguro de que Guedes, com seu conhecimento da importância do agronegócio para a economia do País, contemple as cooperativas neste processo de transição. Segundo a Ministra da Agricultura, estima-se que o volume de recursos para este ano seja o mesmo que o de 2018, talvez com alguma mudança na interpretação do Banco Central.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados