Facção criminosa alugava casa em São Luiz Gonzaga para depósito de cocaína

Compartilhe!

Grupo é conhecido pela prática do crime na Grande Porto Alegre e Vale dos Sinos. “Nossa cidade está sendo utilizada como entreposto no tráfico”, afirma delegado

Uma facção criminosa conhecida no Rio Grande do Sul pela atuação nas regiões Metropolitana e Vale dos Sinos era a responsável pelos 66,8 quilos de cocaína apreendidos na manhã de sábado (4) em São Luiz Gonzaga. A informação foi confirmada pelo delegado Heleno dos Santos, titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9.

Segundo Heleno, o grupo alugava uma casa na zona periférica de São Luiz Gonzaga para ser utilizada como depósito de drogas, servindo de entreposto para a posterior comercialização no Vale dos Sinos e Grande Porto Alegre. Na casa, sequer haviam móveis.

Conforme o delegado, os criminosos responsáveis pelo armazenamento das drogas não são moradores de São Luiz Gonzaga e como as investigações prosseguem, maiores detalhes sobre a quadrilha não podem ser divulgados para não atrapalhar as diligencias. O objetivo dos órgãos de segurança é prender todos os envolvidos.

Segundo Heleno dos Santos, esta é uma das maiores apreensões de cocaína dos últimos tempos em São Luiz Gonzaga e decorre de uma ação realizada na quinta-feira (2) na cidade de Candelária, quando foram apreendidos outros 65 quilos de cocaína.

O delegado finaliza informando que São Luiz Gonzaga está se tornando entreposto no tráfico de drogas e novas ações estão sendo realizadas para coibir este tipo de crime. A apreensão deste sábado não tem relação com o confisco de 152 quilos de maconha realizado no dia 31 de julho na cidade.

Rádio Missioneira