Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Expedição irá avaliar com Georadar o subsolo da área dos Sete Povos

Compartilhe!

Uma expedição, com a presença de pesquisadores da área de Geologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Unisinos, permitirá escanear o subsolo do que outrora foram as reduções jesuítico-guarani de Santo Ângelo, São João Batista, São Lourenço e São Luiz Gonzaga, visando a detecção de estruturas remanescentes que estejam no subsolo e que ainda são desconhecidas.

A informação é do engenheiro Alvaro Theinsen, coordenador do Grande Projeto Missões.  O objetivo principal da ação é utilizar pela primeira vez, nestes quatro locais, um aparelho de georadar (GPR) para esta finalidade.

Atualmente, as áreas das reduções de Santo Ângelo e São Luiz Gonzaga se encontram na zona urbana. Já São João Batista e São Lourenço Mártir são sítios arqueológicos administrados pelo IPHAN.

“Esta é uma expedição de levantamento de dados com a utilização da tecnologia do GPR simplesmente, nada invasivo e não terá nenhum tipo de intervenção como escavação ou outra ação neste sentido. Posteriormente, os dados serão tratados pela equipe técnica e relatórios serão disponibilizados aos interessados”, ressalta Alvaro.

São patrocinadores desta expedição as prefeituras municipais de Santo Ângelo, Entre-Ijuís e São Luiz Gonzaga; o  Grande Projeto Missões; a UFRGS e a Unisinos. O projeto deverá ser realizado entre os dias 16 e 20 de maio.

Entre os pesquisadores que participarão da expedição, está Eduardo Guimarães Barboza (professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e coordenador da Equipe); José Manuel Oliveira (professor da Unisinos); Marcio Cardoso Junior (professor da Unisinos) e Ariane Santos da Silveira (professora da Unisinos).

Rádio Missioneira 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.