Executivo São-luizense solicita à Corsan relatório das obras de esgotamento sanitário - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
30 de janeiro de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Executivo São-luizense solicita à Corsan relatório das obras de esgotamento sanitário

Reunião ocorreu na terça-feira, em Porto Alegre. Foto: Jacson Brandão/Prefeitura de São Luiz Gonzaga
30 de janeiro de 2020 l 10:00
Materia atualizada: 30/01/2020 l 14:53




Compartilhe!

Na última terça-feira (28), o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani esteve em Porto Alegre para audiência com representantes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

Na ocasião, o chefe do Executivo, acompanhado pelo presidente da Câmara de Vereadores em exercício, José Antônio Caetano Braga; pelos vereadores Francisco Lourenço, Laureano Castilho, Aldimar Machado e pelo assessor jurídico da câmara, Guilherme Chagas, esteve reunido com o diretor de operações da companhia, André Finamor. Na ocasião, Brondani entregou um documento solicitando informações a companhia quanto ao contrato de concessão – firmado com o município em 2013 – para o abastecimento de água potável e esgotamento sanitário.

O documento lista todas as obras que deveriam ser realizadas conforme o cronograma de execução do contrato de 2013 quanto à implantação do sistema de esgoto. Após sete anos da assinatura do contrato, por exemplo, a construção da estação de tratamento de esgoto – primeiro passo para o processo de implantação – ainda não foi iniciada.

O Executivo Municipal solicitou, no prazo de 30 dias, as informações da Corsan. “Essa é a segunda vez que estamos notificando a Corsan quanto ao não cumprimento do contrato. Durante a reunião na terça-feira, solicitamos um relatório descritivo, detalhando todas as obras já executadas, os valores empregados no município e as justificativas referentes ao não cumprimento dos prazos do contrato de 2013. Queremos o abastecimento de água e o esgoto públicos, tanto que o nosso objetivo é que o contrato seja cumprido e atenda as necessidades da população”, afirmou o prefeito Sidney Brondani.

DAER

Também em Porto Alegre, na segunda-feira (27), o chefe do Executivo esteve reunido com o diretor de infraestrutura do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), Richard Lesh Polo. A audiência buscava firmar uma parceria entre o DAER e a prefeitura para a execução de trecho do “aterrado” da RS-542, que liga a BR-285 até a sede da comunidade de São Lourenço das Missões. “A questão do aterro é um problema antigo na comunidade de São Lourenço, que em dias de chuva, causa alagamentos e interrompe a circulação na via por algumas horas. Por se tratar de uma estrada estadual, a prefeitura não pode executar melhorias sem a autorização do DAER. Se firmarmos esse termo de cooperação, vamos poder realizar as obras e garantir a trafegabilidade no trecho”, ressaltou Brondani.

Com a parceria, o Executivo São-luizense também busca o cascalhamento da antiga RS que ligava São Luiz Gonzaga à Santo Ângelo. O serviço irá abranger da BR-285 até a comunidade de São Lourenço, passando pelo acesso da Esquina União.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados