Em projeto inédito, empresa busca expandir produção de mel na região

Compartilhe!

Maxbem irá construir unidade de beneficiamento em Porto Mauá e busca apicultores parceiros nas Missões

A Prefeitura Municipal de São Luiz Gonzaga, por meio da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, promoveu na noite de quinta-feira (19) na Câmara Municipal de Vereadores uma reunião para tratar sobre a produção, beneficiamento e comercialização de mel. O encontro foi ministrado por Jucelino Gonçalves (membro do Conselho de Administração da Alibem) e Samuel Marczewski Gonçalves (gerente geral da Maxbem).

Diante de apicultores de Bossoroca, Santo Antônio das Missões e São Luiz Gonzaga, a Maxbem, sediada em Porto Mauá e ligada ao Grupo Alibem, anunciou os planos de expansão do mercado apícola na região Noroeste do Estado. Para isso, a empresa iniciou a implantação de uma indústria de beneficiamento de mel na cidade de Porto Mauá, com investimento de R$ 32 milhões e, agora, busca novos produtores, além de prepara-los para uma produção de qualidade.

A Maxbem irá oferecer assistência técnica aos produtores, por meio de treinamentos, instruções de manejo, colheita, embalagem e venda. Baldes e tambores para o armazenamento do mel também serão ofertados aos apicultores parceiros, para que o produto seja condicionado de forma adequada.

A única indefinição em relação aos futuros produtores de mel parceiros em Bossoroca, Santo Antônio das Missões e São Luiz Gonzaga, além dos outros 97 municípios de abrangência da Maxbem, refere-se ao transporte do produto até a indústria de beneficiamento em Porto Mauá. A empresa compraria dos apicultores o mel ao preço de R$ 15,00 à R$ 18,00, valor acima do que é comercializado atualmente.

Rádio Missioneira