Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Em nota, Eletrosul explica possíveis motivos para a morte de peixes no Rio Ijuí

Compartilhe!

A CGT Eletrosul, responsável pela operação da Usina Hidrelétrica Passo São João, na divisa de Dezesseis de Novembro e Roque Gonzales, emitiu uma Nota de Esclarecimento referente à mortandade de peixes registrada no Rio Ijuí nos últimos dias. O fato vem sendo observado no trecho abaixo da barragem.

Leia mais: Morte de peixes no Rio Ijuí pode estar relacionada à baixa oxigenação da água

Confira  a íntegra da nota:

“Responsável pela operação da Usina Hidrelétrica Passo São João, localizada no município de Roque Gonzales, a CGT Eletrosul ressalta que o Brasil viveu recentemente a pior crise hídrica registrada nos últimos 91 anos, com escassez de chuvas, reservatórios em níveis baixos e maior demanda por energia em razão da reativação da economia para patamares pré-pandemia em vários setores, crise esta que ainda afeta boa parte do Sul do país.

Esses fatores, combinados, inclusive na área da Hidrelétrica Passo São João, em trecho do Rio Ijuí, podem gerar impactos como a formação de locais com baixa vazão de água, por longo período. Essa intercorrência pode acarretar em alterações dos níveis de oxigênio da água, com a possibilidade de resultar na morte de peixes.

A CGT Eletrosul esclarece que tomou conhecimento sobre a ocorrência no Rio Ijuí e segue monitorando a situação, investigando as causas, visando a mitigação de impactos ambientais e o oportuno reporte aos órgãos ambientais.”

Assessoria de Imprensa | CGT Eletrosul