Eleições 2020: candidato do Podemos em São Nicolau destaca geração de empregos e enxugamento da máquina pública

Compartilhe!

Candidato do Podemos em São Nicolau, Edinho Silveira, acompanhado de sua vice Lara Flores, participou do programa Jornal da Manhã desta quarta-feira, 30. Na ocasião ele expôs seus planos e projetos para o município caso seja eleito em novembro de 2020.

Começando pela geração de empregos, o candidato trouxe este assunto por acreditar que o povo carece de um sistema que incentive o emprego no município. Propôs a criação de um setor, que seria uma espécie “SINE”, com a atribuição de cadastrar os desempregados e auxiliar estes na obtenção de um emprego.

Contrário ao atual perfil da máquina pública em São Nicolau, o entrevistado também propôs enxugamento na folha da Prefeitura, com, no mínimo, R$ 300mil mensais poupados. Essa estratégia vai ao encontro de um plano que envolve captação de investimentos que gerem emprego, como implantação de uma usina hidrelétrica no Rio Piratini, além de atração de novas empresas para o município, pleitos nos quais vai investir e que certamente podem revitalizar o comércio local.

Outras bandeiras que buscará incentivar se eleito são a atenção aos idosos, saúde e educação. Quanto ao público da terceira idade, o candidato quer ampliar o trabalho no Lar do Idoso, que poderia se tornar regional, com mais pessoas empregadas. Na saúde, o objetivo é resolver as demandas com os agendamentos de consulta, fazendo o sistema fluir. Na área da educação, ele propôs incentivo ao transporte para estudantes que precisem fazer cursos fora da cidade, além de cursos no próprio município, possibilitando que todos tenham mais oportunidades para se qualificar.

Edinho ainda afirmou que, caso eleito, pretende realizar concurso público já no seu primeiro ano de mandato e também implantar um espaço permanente para ouvir as mulheres de forma diferenciada, algo que seria de incumbência de sua vice, Lara. Vereador por 16 anos, também lembrou de sua experiência no Legislativo e disse que quer uma união dos poderes em prol do desenvolvimento da comunidade.

Rádio Missioneira