Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Divulgada a programação da 11ª Cavalgada na Trilha dos Santos Mártires das Missões

Compartilhe!

Após dois anos sem ser realizada, a 11ª edição da Cavalgada na Trilha dos Santos Mártires das Missões volta a ocorrer em 2022. O evento será realizado de 1º a 8 de maio. Para participar, não há cobrança de inscrições. Os participantes devem possuir a documentação dos animais em dia e arcar com os custos da alimentação.

Confira a programação:

30/04 – Sábado

– 15h: chegada e concentração no acampamento do  Maninho, na comunidade de Santo Isidro, às margens do Rio Uruguai.

1º/05 – Domingo

– 8h30h: solenidade de início da 9ª Cavalgada no Passo do Padre

– 11h30: chegada da Cavalgada na Escola Monte Alegre;

– 12h30: almoço e descanso na Escola Municipal Monte Alegre; 

– 14h00: Hora Cívica e Cultural, com plantio de mudas de árvores nativas;

– 15h: saída rumo a cidade de São Nicolau;

– 16h30: chegada na cidade de São Nicolau, com passeata pelo Centro da cidade, plantio de uma muda de árvore nativa,  visita ao Sítio Arqueológico da Redução Jesuítica de São Nicolau e desencilha no  CTG.          

– 20h: jantar, apresentações musicais com os artistas locais e convidados especiais no CTG Primeira Querência do Rio Grande. Pernoite no local.

               

02/05 – Segunda-feira

– 6h: alvorada, chimarrão e arraçoamento dos animais. Café de cambona com bolo frito;

– 7h: saída da Cavalgada rumo à localidade de São Sebastião, município de Dezesseis de Novembro;

– 10h30: chegada no CTG Querência da Serra de São Sebastião, com pronunciamento das autoridades presentes, dos cavalarianos e apresentações artísticas, além do plantio de mudas de árvores nativas;

– 12h: almoço no local;

– 15h: saída rumo a cidade de Pirapó;

– 17h: chegada na Associação dos Tradicionalistas de Pirapó (ATP), com recepção pelas autoridades, comunidade e tradicionalistas; desencilha e roda de chimarrão;

– 20h: jantar e apresentações artísticas. Pernoite no local. 

03/05 – Terça-feira

– 6h30h: chimarrão, arraçoamento dos animais e café;

– 8h: saída rumo a Barca do Rio Ijuí;

– 8h30:passagem na barca e recepção pelas autoridades de Roque Gonzales, com pronunciamentos das autoridades e cavalarianos;

– 10h;: visita a Cruz do Martírio do padre João de Castilho, com explanações sobre o significado do local;

– 11h: chegada no Santuário de Assunção do Ijuí, com explanação sobre o significado do local;

– 12h: almoço no local;

– Durante a tarde, descanso;

– 20h: jantar no local e, após, uma apresentação especial com artistas locais.

– 23h: pernoite no local.

04/05 – Quarta-feira

– 5h30: chimarrão e arraçoamento dos animais;

– 6h30: café;

– 7h30: saída da Cavalgada rumo ao Cerro do Inhacurutum, elevação mais alta da região das Missões;

– 9h30: chegada e subida a pé no Cerro do Inhacurutum;        

– 10h: manifestação das autoridades presentes;

– 10h30: recepção aos cavalarianos pela Comunidade da Linha Inhacurutum, almoço, tertúlia e descanso;

– 15h: saída rumo a comunidade de Linha Emanuel;

– 17h: recepção pela comunidade; 

– 20h: jantar e Momento  Cultural, com musica e apresentações por artistas locais e convidados.

05/05 – Quinta-feira

– 6h: chimarrão e arraçoamento dos animais e café;

-8h: saída da Cavalgada em direção  a comunidade de Linha Boa Esperança, no município de São Pedro do Butiá;

– 10h: chegada e recepção na comunidade de Boa Esperança; 

– 12h: almoço e confraternização com a comunidade;

– 14h: saída rumo a cidade de São Pedro do Butiá, passando pela Escola São Francisco de Borja de Linha Butiá Inferior, com uma rápida recepção pela comunidade escolar;

– 17h: chegada no Centro Germânio Missioneiro, visita e explanação sobre a história do local. Deslocamento até o  Parque de Exposições, desencilha e descanso;

– 20h: jantar no Parque de exposições de São Pedro do Butiá e apresentações de artistas locais.

– 23h: pernoite no Parque de Exposições;

06/05- Sexta-feira

– 6h: alvorada, Arraçoamento dos animais, chimarrão e café no local;

– 7h30: saída em direção a Barca do Passo Novo, Rio Ijuí;

– 9h00: travessia do Rio Ijui, chegando ao município de Rolador;

– 12h: almoço na Sede do Piquete Batendo Casco, na Figueira;

-14h: saída rumo a cidade do Rolador;

– 15h – visita ao local da antiga Redução Jesuítica de Nossa Senhora da Candelária do Caaçapamini, com explanações sobre o local;

– 18h: chegada com recepção pela comunidade em frente a Prefeitura Municipal do Rolador;

– 18h30: deslocamento em direção a Fazenda Boa Vista, de Sandoval Peixoto;

– 20h: jantar na Fazenda Boa Vista, com apresentações  artísticas e culturais.

– 23h: pernoite no local.

07/05 – Sábado

– 6h: alvorada, chimarrão, arroaçamento dos animais e café

– 7h: saída rumo a Mato Queimado;

– 11h: chegada na localidade de Rondinha, com recepção pelas autoridades e comunidade local; 

– 12h: palestra versando sobre Rondinha “Ronda de Tropa”, proferida pelo professor Charlei Wilers;

– 12h30: almoço no local e confraternização com a comunidade;

– 15h: saída rumo a cidade de Mato Queimado;

– 16h: chegada na cidade de Mato Queimado, com passeata pelo Centro da    cidade, dirigindo-se até a Praça Principal onde serão recepcionados pelas autoridade locais e comunidade, com pronunciamentos pelas autoridades e cavalarianos;

– 16h30: saída rumo a cidade de Caibaté, com chegada às 18h no Sindicato dos Municipários de Caibaté, onde será a desencilha e o pernoite;

– 20h: recepção aos cavalarianos na Afucer, janta e apresentações de artistas locais.

– 23h: pernoite no local.

08/05 – Domingo

– 5h: chimarrão e arraçoamento dos animais e café;

– 6h30: saída da cavalgada rumo ao Santuário do Caaró;

– 9h30: chegada no Santuário do Caaró, com repicar de sinos;

– 10h: missa;

– 12h: encerramento da Cavalgada com churrasco de confraternização entre os cavalarianos, familiares e autoridades, além de despedidas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Nicolau 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.