Dia de Campo da Sementes São Pedro reuniu mais de 400 pessoas

Mais de 400 pessoas participaram do Dia de Campo promovido pela Sementes São Pedro. O evento ocorreu na sede da empresa, no interior de São Luiz Gonzaga, na última sexta-feira. O objetivo do Dia de Campo foi apresentar as novidades na área de sementes de soja.

Divido em sete estações, o produtor pode acompanhar o desenvolvimento de cada cultivar diretamente no campo, e não em canteiros, como é comum em eventos como esse. O roteiro pelas estações foi realizado pela manhã e à tarde.

Foram apresentadas as sementes Brasmax com tecnologia Intacta, resistente a lagartas. Segundo o proprietário Valdinei Donato, as atenções estão voltadas atualmente para essa nova tecnologia. Os produtores conheceram as variedades Brasmax Vanguarda (6160 RSF IPRO), Brasmax Ponta (7166 RSF IPRO e BMX Potência RR.

Outra opção é a Brasmax 6968 RSF RR1 (Valente), uma cultivar rústica, indicada para campos de primeiro ano, áreas de pisoteio e de fertilidade média baixa.Os materiais RR (Roundup Ready), da Dom Mario também foram apresentados aos produtores, com as cultivares DM 6563 e DM 6458. Essas variedades já são conhecidas no mercado e foram utilizadas na safra passada. ‘’Os produtores que utilizaram viram que a atuação delas se destacou pela resistência na falta de chuvas’’, afirma Valdinei.

Valdinei disse estar satisfeito com o resultado do evento. ‘’Estamos muito contentes por ter recebido um público acima do nosso esperado, com mais de 400 pessoas de todo o estado’’, conta o empresário.

O Dia de Campo teve a presença de agricultores de São Luiz Gonzaga, Bossoroca, São Borja, Santo Antônio das Missões, Garruchos, Giruá, Cerro Largo, Ijuí, Soledade, São Nicolau, Roque Gonzales, São Pedro do Butiá, Guarani das Missões, Santo Ângelo, São Francisco de Assis, Rolador, Palmeira das Missões, Salvador das Missões, Santiago, Senador Salgado Filho, Coronel Barros e São Miguel das Missões.

Um dos principais diferenciais do Dia de Campo, elogiado pelos participantes, foi a maneira de apresentação das cultivares, diretamente no campo. ‘’Ver como a semente se desenvolve no campo foi um dos grandes diferenciais do evento’’, diz o agricultor Ilmo Linberger, participante do Dia de Campo.

Para Edmar Amaral, outro agricultor que participou do evento, no Dia de Campo foi possível analisar as possibilidades que os produtores tem para a sua lavoura. ‘’Hoje temos muito mais possibilidades e ver as cultivares no campo, e não em canteiros, ajuda muito nessa escolha’’, afirma o produtor.

Os interessados em adquirir as cultivares devem fazê-la com antecedência, devido à grande procura, principalmente dos materiais Intacta. ‘’O volume de material Intacta disponível no mercado é de 30% da demanda dos agricultores, por isso é preciso reservar logo’’, explica Valdinei. Informações pelo telefone 3352-1708.