Deputado Jeferson explica que PT votou por manter valor de ICMS com palavra de comprometimento de Eduardo Leite

Compartilhe!

Com 40 votos a favoráveis e 10 contrários, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou o aumento do ICMS até 2020. A sessão ocorreu ontem à tarde. A bancada do PT votou a favor, mediante acordo com o governador eleito Eduardo Leite.

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã de hoje, o deputado estadual petista Jeferson Fernandes explicou que tem a palavra do tucano sobre os pedidos da bancada. O PT aceitou votar a favor com o comprometimento de Leite em pagar os servidores em dia, bem como os repasses de hospitais e da saúde. Fernandes foi um dos deputados que utilizou a tribuna para justificar o voto. Já a bancada do PDT votou de forma contrária.

Segundo Jeferson, o partido também defende aumentar a arrecadação de fortunas de heranças. Ele destaca que não só as classes mais baixas que devem arcar com a despesa. Na justificativa do atual projeto, o Executivo também se propõe, durante o prazo de prorrogação das alíquotas, a revisar a carga tributária do ICMS, visando a fixação de uma nova política de alíquotas adequada ao desenvolvimento do Estado.

Fonte: Rádio Missioneira