Corsan investirá R$ 12 milhões em esgotamento sanitário em São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Município deverá receber, em breve, uma estação de tratamento de esgoto

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) investirá R$ 12 milhões na implantação de redes de esgotamento sanitário em São Luiz Gonzaga. A informação foi confirmada pelo prefeito Sidney Brondani em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9 nesta quarta-feira (7).

Conforme o prefeito, na terça-feira (6) a Prefeitura Municipal recebeu a importante informação diretamente da Corsan. O contrato firmando entre as duas partes prevê o compromisso de instalação de esgotamento sanitário e uma estação de tratamento de esgoto.

Os investimentos beneficiariam ¼ da zona urbana da cidade nesta primeira etapa. O projeto, paralisado desde 2020 em função do agravamento da pandemia, contemplaria desde a área central de São Luiz Gonzaga até a Vila Marcos, bairro onde será construída a estação de tratamento.

A licitação para a obra foi aberta nesta terça-feira (6). Conforme o prefeito, os R$ 12 milhões serão investidos, neste primeiro momento, na adequação das redes de esgoto. Na próxima licitação, um novo recurso será destinado especialmente para a construção da estação de tratamento. Sidney Brondani participará no dia de hoje de uma reunião com a Corsan para tratar questões da futura etapa. “Temos que resolver alguns impasses de divisa na área onde será construída a estação”, informa o prefeito.

Sidney conclui ressaltando que os investimentos atenderão uma reivindicação antiga de entidades, associações e população são-luizense, que há anos cobra melhorias no setor. As obras são anunciadas justamente no momento em que o Governo do Estado avalia a privatização da Corsan. Sobre o tema, o prefeito de São Luiz Gonzaga ressaltou que a posição da prefeitura é de contrariedade à medida imposta pelo governador Eduardo Leite.

Rádio Missioneira