Coordenador de Vigilância em Saúde de Bossoroca atualiza informações sobre a pandemia no município - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
29 de agosto de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Coordenador de Vigilância em Saúde de Bossoroca atualiza informações sobre a pandemia no município

29 de agosto de 2020 l 09:04
Materia atualizada: 29/08/2020 l 09:04




Compartilhe!

Segue o enfrentamento ao COVID-19 no município de Bossoroca. Com 69 casos em isolamento domiciliar, seja por sintomas gripais ou casos confirmados de COVID-19, hoje o município tem 52 casos ativos da doença, 95% assintomáticos e o restante com sintomas leves sendo acompanhados pelas equipes de saúde. São 15 casos recuperados, contabilizando um total de 68 casos positivos desde o início da pandemia e um óbito até o momento.

Conforme informação do coordenador de Vigilância em Saúde de Bossoroca, Rodrigo Comassetto de Farias, Medidas preventivas foram e estão sendo tomadas desde o início da pandemia, como fiscalização rigorosa de estabelecimentos comercias e públicos seja pela Vigilância Sanitária ou fiscais tributários, coibição de aglomerações e descumprimento aos decretos com apoio da Brigada Militar, disk denúncia COVID , ampla divulgação de material informativo nas redes sociais e outros meios de comunicação tanto do município quanto da região, como rádios e jornais, e também a ampla divulgação a toda à comunidade dos decretos municipais e orientações sanitárias a comunidade e informativo epidemiológico periódico. Também são realizadas barreiras sanitárias nas entradas principais de acesso a cidade onde todos que adentram são orientados quanto as medidas de prevenção, aferida temperatura e realizado sanitização dos veículos.

Também houve a formação do comitê de enfrentamento ao COVID-19, contanto com a participação de inúmeros setores da comunidade, para a tomada de decisões referentes ao enfrentamento no município. Vale ressaltar também que o crescimento no número de casos está correlacionado com o aumento significativo de testes aplicados, sendo estes aplicados tanto em sintomáticos como assintomáticos, onde até o momento já foram realizados mais de 500.

Teste rápido x teste sorológico

Quanto aos testes sorológicos (realizados nos laboratórios), realizados com amostra de sangue, estes são indicados para identificar anticorpos em pessoas que iniciaram sintomas há mais de 10 dias ou que, mesmo sem sintomas, tiveram conhecimento de contato prévio com pacientes cujo diagnóstico para o novo Coronavírus foi positivo”. Os anticorpos IgM e IgA geralmente aparecem após 7 a 10 dias a partir do início dos sintomas. Já os anticorpos da classe IgG surgem, em geral, após 10 a 14 dias a partir do início dos sintomas”; por isso da diferença entre os resultados obtidos nos testes rápidos para os testes laboratoriais. Há que se observar o tempo certo para coleta, dentre outros fatores, sendo que os testes rápidos podem evidenciar por vezes resultados falsos positivos.

Lembrando que tudo que se usa no mundo em nível de Covid-19 é novo, seja protocolos, tratamentos, exames etc. Comassetto finaliza reforçando que a situação encontra-se sob controle e infelizmente é mais do que o esperado para a atual situação da pandemia no Brasil e no resto do mundo. Ele conta com a colaboração de todos no cumprimento dos decretos municipais e orientações sanitárias.

Fonte: Rodrigo Comassetto de Farias


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados