Coopatrigo vai implantar novo sistema para beneficiar associados com mais participação - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
19 de Maio de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Coopatrigo vai implantar novo sistema para beneficiar associados com mais participação

Presidente Ivo destacou novidade em participação no programa Jornal da Manhã. Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
19 de Maio de 2020 l 10:12
Materia atualizada: 19/05/2020 l 16:11




Compartilhe!

Em entrevista no programa Jornal da Manhã desta terça-feira (19) o presidente da Coopatrigo, Ivo Batista, destacou novidades para o associado, com um programa de fidelidade que valoriza ainda mais os sócios comprometidos com a Cooperativa. Além disso, trouxe mais informações sobre o recebimento de grãos e andamento dos negócios.

Sobre a colheita da soja, Ivo disse que, apesar do grande dano provocado pela estiagem, o montante recebido até surpreendeu a diretoria, que esperava algo em torno de 4,5 milhões de sacas. Entretanto, até o momento, a Coopatrigo já recebeu 5,3 milhões de sacas, o que, somado ao preço histórico do grão, vem para amenizar a situação geral. Esse resultado é fruto do trabalho da Cooperativa, que se expandiu e, com isso, também garantiu um bom número de novos associados, que tem crescido, em média, 550 por ano.

Abordando o projeto de fidelização, o Presidente disse que o mesmo foi apresentado primeiramente aos conselhos fiscal e de administração, para debate. Explicando de forma simplificada, Ivo disse que o sistema classifica os associados em A, B, C e D. Um associado classe “A”, por exemplo, é aquele (a) que destina acima de 80% de sua produção para a Cooperativa, compra acima de 80% dos insumos na Cooperativa e que usufrui da assistência técnica da Coopatrigo – esses ao menos são os três itens essenciais para definir esta classe.

Passando para a classe “B”, encaixa-se nesta o associado que destina de sua produção e compra acima de 50% da Cooperativa, além de receber assistência técnica. É um associado classe “C” aquele que atinge menos de 50% dos dois primeiros itens, enquanto classe “D” é aquele que não atinge nem 30% nesses quesitos.

Aprovada pelos conselhos da Coopatrigo, essa fórmula será implantada de uma forma geral, garantindo que associados “A” e “B” recebam tratamento diferenciado, conforme seu comprometimento com a Cooperativa: “Queremos trabalhar para que o associado B possa chegar ao A, que o C possa chegar ao B e assim por diante”, destacou Ivo, informando que associados melhor classificados terão um percentual maior no retorno anual, apenas para citar um exemplo, destacando ainda que não importa o rendimento ou a área plantada, o que faz a diferença é o percentual de participação.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados