Coopatrigo se mobiliza para aumentar adesão dos associados na Smartcoop

Compartilhe!

Funcionalidades da ferramenta foi explicada ao quadro de engenheiros agrônomos e técnicos da cooperativa

A Coopatrigo esteve realizando nesta semana mais um encontro de mobilização e capacitação sobre a plataforma Smartcoop. Esteve em São Luiz Gonzaga o coordenador técnico do Projeto Raí Schwalbert explicando todas as funcionalidades da ferramenta ao quadro de engenheiros agrônomos e técnicos da Coopatrigo que serão os responsáveis pela adesão dos associados à esta importante plataforma digital criada pelas cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul.

Ao abrir o encontro, o presidente da Coopatrigo Paulo Pires disse que a partir de agora se inicia um novo desafio da Smartcoop  que é buscar a adesão dos associados das cooperativas à ferramenta, principalmente superando as dificuldades do domínio tecnológico que é a maior barreira a ser superada e neste sentido a Coopatrigo está capacitando seu quadro de agrônomos e técnicos para que eles façam esta interação com os associados.

Na funcionalidade Propriedade Digital, essas serão as principais características da Smartcoop:

– Funciona como uma ferramenta gerencial para o produtor,  permite a programação e o agendamento de manejos, emitindo alertas quando a data programada se aproxima;
– O sistema oferece ao produtor a previsão meteorológica por talhão, permitindo decisões individualizadas, e, consequentemente, manejos mais assertivos;
– A Smartcoop possui ferramentas de inteligência que alertam o produtor sobre a melhor decisão a tomar porque cruza dados de previsão do tempo, condições sanitárias da produção e cultivos de cada talhão;
– Oferece informações relacionadas às condições dos cultivos, por meio do monitoramento das lavouras via imagens de satélite. Com isso, o agricultor pode conferir no celular as alterações na saúde dos seus cultivos, mudanças no vigor das plantas ou problemas pontuais que estão acometendo os talhões. Também permitindo que as áreas técnicas das Cooperativas possam interagir com os seus assistidos, com estes registros na plataforma;
– Permite que os produtores reportem e armazenem dados relacionados a pragas, doenças, plantas daninhas dentre outros problemas;
– Estabelece um ranking anônimo de produtividade, onde o produtor pode verificar o seu desempenho frente aos demais cooperados;
– Funciona em modo on-line e off-line. Ou seja, quando o produtor está em área sem sinal de internet, o sistema armazena os dados para envio assim que ele estiver conectado novamente.

A Plataforma Smartcoop já está disponível para todos os associados da Coopatrigo gratuitamente bastando baixar o aplicativo no seu dispositivo e formular o cadastramento para que a senha seja liberada pela Cooperativa após o cruzamento das informações.

Fonte: Roberto Marques | Assessor de Comunicação da Coopatrigo