Confirmada a presença da variante P1 do coronavírus em paciente de São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Foi confirmada a presença da variante brasileira, a chamada P1, em paciente de São Luiz Gonzaga. A confirmação foi feita através da coleta de exame enviado para um laboratório privado. A paciente é moradora do Lar do Idoso. A informação foi repassada pelo diretor técnico do Hospital São Luiz Gonzaga, doutor José Renato Grisólia, para reportagem da Rádio Missioneira.

Em seu comentário, o doutor José Renato citou: “Espero que o povo se sossegue, principalmente aqueles que nos atacam e criticam em rede social. Se fizemos as recomendações  era porque tínhamos motivos para acreditar que o caso era grave”.

A nova cepa do coronavírus foi identificada pela primeira vez em quatro pessoas que voltaram ao Japão depois de uma viagem ao estado do Amazonas.

A variante identificada pela primeira vez no início de janeiro, em Manaus, está ligada ao aumento do número de casos no estado do Amazonas  e se propagou por outras regiões do Brasil. Embora existam centenas de variantes do coronavírus já identificadas no mundo, a variante brasileira P1 tem mutações que tornam o coronavírus mais contagioso e também mais resistente a anticorpos da doença, o que pode aumentar o número de casos inclusive entre as pessoas que já se recuperaram da covid-19.

Aqui em nossa região, municípios  que já tiveram a variante confirmada como São Borja e Porto Xavier, tiveram um grande aumento nos contágios e que acabaram resultando no aumento do número de mortes. Casos semelhantes também estão sendo investigados no município de Pirapó.

Rádio Missioneira