logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Com uso de rapel, resgate de corpos em tragédia de Mato Queimado durou 10 horas

Compartilhe!

As equipes do Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga e Santo Ângelo atuaram durante quase 10 horas para resgatar os dois trabalhadores que foram soterrados em um depósito com grãos de soja, dentro de um armazém, em Mato Queimado.

O trabalho exaustivo iniciou por volta das 17h da última segunda-feira (15), sendo encerrado nesta madrugada, por volta das 3h. Inacio Fabiano Lopes Leal, de 33 anos, padrasto de Marco Andrei Schneiders Lopes, de 19 anos, desapareceram após caírem em um depósito com toneladas de grãos.  

Mais de 10 bombeiros militares atuaram no resgate. Para ingressar na estrutura, as equipes utilizaram rapel e boa parte dos grãos de soja precisou ser removida com o uso de um sugador.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga, os corpos foram retirados do depósito através do poço do elevador. Ambos são moradores de Caibaté.

Conforme a Brigada Militar de Caibaté, o caso ocorreu por volta das 16h30 da última segunda-feira (15), em uma empresa, situada na entrada da cidade de Mato Queimado, quando os dois trabalhadores caíram em um depósito onde existiam toneladas de soja. A estrutura é um componente do armazém utilizado no recebimento ou pré-armazenamento de grãos.

Fotos: Corpo de Bombeiros Militar

Rádio Missioneira 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.