Garruchos e Santo Antônio: Relatório detalha problemas na rede de distribuição e aumenta expectativa por soluções no fornecimento de energia - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
19 de março de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Garruchos e Santo Antônio: Relatório detalha problemas na rede de distribuição e aumenta expectativa por soluções no fornecimento de energia

19 de março de 2019 l 14:05
Materia atualizada: 20/03/2019 l 07:45

Documento foi entregue aos representantes da empresa, em 11 folhas estão os detalhes dos problemas que afligem as comunidades





Compartilhe!

Após o encontro de representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Legislativo e Executivo de Garruchos realizada em janeiro com representantes da RGE com a intenção de buscar soluções para o deficiente serviço de distribuição de energia no município foi realizado um levantamento dos problemas. No documento de 11 páginas entregues aos representantes da empresa há um relatório apontando os locais e a natureza dos diversos problemas encontrados em localidades de Garruchos e também de Santo Antônio Missões.

“O relatório apresenta qual o problema, onde ele está localizado, qual o nome do usuário, qual o código do cliente, qual o CPF desse cliente. As informações prestadas neste documento que foi entregue a RGE tiram a possibilidade de a empresa alegar que não tem conhecimento dos problemas que as comunidades enfrentam”, disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Santo Antônio e Garruchos Agnaldo Barcelos em entrevista à Rádio Missioneira.

 A dirigente completa que ficou ajustado que a RGE fará levantamentos a campo e no dia 11 de abril, uma nova reunião com dirigentes e responsáveis por equipes de manutenção para apresentar um cronograma de serviços.

Agnaldo complementa que após estas tratativas todos estão confiantes que soluções possam ser alcançadas, e um dos pontos que considera importante para o avanço nas melhorias é o estabelecimento claro das metas, que foi possível pela descrição completa e a localização dos problemas. No entanto Barcelos diz que caso não haja avanço, deverá ser retomada a ação judicial através do Ministério Público contra a Agência Nacional de Energia Elétrica –  Aneel.

 

Por: Rogerio Morais

Fonte: Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados