Com recentes chuvas, situação da ERS 176 piora e Garruchos fica ilhada

Compartilhe!

O prefeito de Garruchos, Roland Schatz (PDT), desabafou nesta quinta-feira (6), durante entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9, sobre a situação dramática que se encontra a ERS 176, principal via de acesso ao município. A chuva dos últimos dias praticamente ilhou a cidade. São 60 quilômetros de estrada de chão, desde a BR 285 até a zona urbana de Garruchos.

“Nós queremos atitudes, basta de reuniões sem soluções”, critica o prefeito. Roland informa que caminhões atolaram no trecho e ambulâncias da Secretaria de Saúde, com pacientes, não conseguem sair do município. Há outros locais, onde veículos maiores enfrentam dificuldade de transitar em função da vegetação que invade a via.

“Teremos que tomar medidas enérgicas para que o Governo do Estado providencie algo, pois isso não é justo”, considera Roland. O chefe do Executivo conta que esteve em Porto Alegre solicitando máquinas pesadas para que o município consiga, em parceria com a Prefeitura de Santo Antônio das Missões, recuperar a estrada por conta própria.

O prefeito de Garruchos afirma que o Daer precisa realizar trabalhos mais aprofundados na ERS 176, não apenas paliativos e que possui esperança que o novo presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, prefeito de São Borja e a Associação dos Municípios das Missões, irão ajudar o município e sair deste problema grave que enfrenta desde a sua fundação.

 Rádio Missioneira