Com projeto assinado e liberado, obras de adequação do HSLG para a UTI devem iniciar em janeiro de 2021

Estrutura necessária para a implantação da UTI no Hospital São Luiz Gonzaga, a área física da UTI teve seu projeto assinado na semana que se passou. Considerado um passo muito importante para a concretização deste sonho, que iniciou há quatro anos, o projeto está a cargo de empresa de Ijuí, com contrato liberado pela Caixa Econômica Federal.

Em participação no programa Jornal da Manhã desta terça (15) o dr. Luis Grings, profissional amplamente envolvido neste pleito da UTI, informou sobre o andamento desta etapa. Segundo ele, espera-se que as obras iniciem por volta do dia 5 de janeiro, abrangendo reforma total do ambulatório, estrutura que, nos seus 30 anos de existência, nunca recebeu uma obra deste porte. Também será possível ampliar o setor de radiologia e, por fim, o espaço da UTI.

Para Grings, a UTI representa uma necessidade urgente para São Luiz Gonzaga, pois muitas vidas já foram perdidas por não haver equipamentos de suporte para tratar lesões mais graves, considerando ainda a escassez de leitos de UTI no Estado. Com isso, Grings conecta o assunto da hemodiálise, serviço cuja instalação só é autorizada em hospitais com UTI.

Voltando ao assunto obras, o entrevistado disse acreditar que, até o final de 2021, todas as adequações citadas estejam concluídas. Com isso, vem a demanda da instalação dos leitos de UTI. Em conversa com o coordenador regional de saúde, Grings disse que, passada a pandemia da Covid 19, é certo que dez novos leitos de UTI na região serão instalados em São Luiz Gonzaga. Equipamentos restantes serão buscados por meio de emendas parlamentares e os profissionais certamente serão captados ao natural.

Rádio Missioneira