Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Com mais 124 casos de covid-19 em 24 horas, Santo Ângelo publica novo decreto

Compartilhe!

Com 124 novos casos de Covid-19 registrados nesta quinta-feira (13), são 739 casos confirmados em Santo Ângelo somente no mês de janeiro. A média do mês é de 56,8 casos diários.

O cenário atual tem 612 casos ativos da doença, com 610 pessoas infectadas que estão em isolamento social e dois santo-angelenses internados nos hospitais locais. No Lacen-RS, 675 casos suspeitos de Santo Ângelo aguardam o resultado definitivo da análise laboratorial.

Em 21 meses de pandemia na cidade, são 13.088 casos confirmados, 12.108 pessoas recuperadas do contágio, 301 óbitos e 60.174 testes rápidos realizados. Nestes 21 meses de Covid-19 em Santo Ângelo, o mês de janeiro de 2022 é o 9º pior mês em número de casos nesta pandemia.

Para tentar frear o avanço da doença, a Prefeitura de Santo Ângelo publicou um novo decreto nesta quinta-feira (13). O documento reitera o município em situação de calamidade pública e mantém os protocolos sanitários de obrigatoriedade de oferta de álcool em gel, o uso de máscaras e o distanciamento de dois metros entre as mesas em festas, eventos, bares e similares.

Os frequentadores também devem permanecer sentados a mesa durante o consumo de alimentos ou bebidas. Em missas e demais cultos religiosos, é obrigatório o uso de máscaras e a ocupação intercalada de assentos com distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Segundo o secretário de Saúde, Dr. Flávio Christensen, o novo decreto proíbe pista de dança em eventos, casas noturnas, bares e similares pelo período de 15 dias. “Fica permitida a música ao vivo, conforme limite de decibéis estabelecidos, desde que os clientes permaneçam sentados durante o consumo de alimentos ou bebidas”, explica.

Fonte: Rodrigo Bergsleithner/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santo Ângelo