Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Cermissões registrou altos picos de consumo de energia

Compartilhe!

Direção da cooperativa já projeta novos investimentos para atender a demanda de carga

Nas últimas semanas os medidores de consumo de energia da Cermissões registraram elevados picos de consumo. Nesta época do ano, naturalmente, aumenta o consumo de energia, em função do calor. Neste ano o consumo tem sido ainda maior, em consequência da seca que assola nossa região, o que automaticamente aumenta a utilização dos pivôs de irrigação, exigindo uma grande demanda de carga de energia, principalmente no momento em que ocorre a ligação dos motores, os quais muitas vezes são ligados simultaneamente, no período da noite, quando os irrigantes são beneficiados pela tarifa da categoria.

Na subestação de São Luiz Gonzaga, que abastece a região Santo Antônio das Missões, às 23h do dia 9 de dezembro, a subestação que tem capacidade de até 25 MVA (Megavoltampère), teve um pico de consumo de 20.135 MVA, 80% de sua capacidade máxima.

Na subestação de São Miguel das Missões a capacidade máxima de carregamento é de 14 MVA e às 22h45 do dia 9 de dezembro, foi registrado um pico de consumo de 13.203 MVA, ou seja, quase 93% de sua capacidade de carregamento.

Na medição da Cermissões na subestação da RGE de Santo Ângelo, o pico de maior consumo foi registrado as 22h45 do dia 9 de dezembro, chegando a 6.972 MVA, 34,86% da capacidade máxima. Porém nesta subestação a situação é mais tranquila, pois sua capacidade de carregamento é de 20 MVA, e já foi projetada prevendo o aumento de consumo na região de Vitória das Missões, São Miguel das Missões e Entre-Ijuís.

Mesmo com o alto consumo de energia ao mesmo tempo, não houve falta de energia aos associados e clientes, pois os alimentadores da Cermissões já são preparados para atender as altas demandas e também são realizadas transferência de carga de um alimentador para outro evitando sobrecarga em um determinado alimentador.

Em decorrência deste aumento de consumo, o presidente Diamantino Marques dos Santos já está trabalhando com os setores técnicos, projetando novos investimentos nas subestações, para evitar um colapso no sistema de fornecimento de energia aos associados e consumidores.

“Muitas vezes, até somos criticados por não investir em outros segmentos, mas o foco da Cermissões é fornecer energia de qualidade aos nossos associados e para isso são necessários altos e constantes investimentos, pois sem energia não há desenvolvimento” destacou Diamantino.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Cermissões