Cermissões completa 60 anos de história nesta quinta-feira

Compartilhe!

A Cooperativa de Distribuição e Geração de Energia das Missões, Cermissões, comemora neste dia 18 de fevereiro  os seus 60 anos de fundação. Em sua história, registrados todos os capítulos que norteiam a realidade empresarial e de entidades. O diferencial, que mantém por mais de cinco anos no topo das melhores do Brasil, se chama cooperativismo. Por ser uma cooperativa, possui um modo diferente de agir, a soma de visões que definem suas ações, e atitudes que enaltecem a coletividade.

Na linha de tempo, visionários do futuro sentiram a necessidade de se unir para conseguir algo maior, e 51 pessoas dividiram os custos para instalação e geração de energia por algumas horas, com motor a diesel em 1961. Este espírito de união foi semeado desde o início da história que hoje guia para um novo rumo as Missões, com o legado deixado pelos índios, jesuítas e povos que habitaram a região.

Conduzida de maneira profissional e com visão de futuro no mercado, hoje mais de 160 mil pessoas colhem frutos desses visionários, tendo energia elétrica de qualidade, e fazem parte de uma cooperativa que espelha lideranças. A Região das Missões alcançou índices recordes de produção agrícola no estado, com a apropriação de tecnologias que garantem o controle da produção, além disso, tem no turismo uma grande esperança de desenvolvimento econômico para o futuro, tendo em São Miguel das Missões o Sítio Arqueológico, reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade. Com estes empreendimentos ligados as redes elétricas da Cermissões, e com o surgimento de novas indústrias na área atendida, é possível afirmar que a cooperativa se consolida como: A Energia do Desenvolvimento Missioneiro.

LINHA DO TEMPO 

– Fundação – 18 de fevereiro de 1961 – 51 sócios fundadores doaram cotas para compra do gerador e instalação de redes elétricas no Povoado Santa Lúcia, hoje Caibaté.

– Expansão para outros municípios – Em 1969 a Cermissões interligou suas poucas redes com as da Companhia Estadual de Energia Elétrica – CEEE via Cerro Largo e passou a receber energia da Usina do Salto Pirapó, onde hoje está construída a Usina Passo São João no município de Roque Gonzáles. A partir de então começa o processo de Regionalização da CERMISSÕES.

– Intervenção Federal – Em janeiro de 1986 a Cooperativa sofreu uma intervenção federal, a qual durou um ano, e foi a partir desta data iniciou-se um novo tempo na história da Cermissões. Em março de 1987, o quadro social reuniu-se com o intuito de eleger a primeira administração, pós-intervenção, onde o associado Diamantino Marques dos Santos, foi eleito para dirigir a Cooperativa juntamente com os conselheiros de administração, que assumiram a mesma em processo falimentar.

– Fábrica de Postes – 1987. A construção da fábrica de postes foi o marco na consolidação de uma infraestrutura de ponta nas redes de distribuição da Cermissões.

– Primeira Geradora de Energia – Em 19 de fevereiro de 2000, foi a inauguração da PCH Rio Ijuizinho, empreendimento que concretiza a visão voltada para as oportunidades de crescimento da Cooperativa, sua capacidade de Geração é de três Megawatts.

– Segunda Geradora de Energia Elétrica – Em 2007 entrou em operação a MCH Claudino Fernando Piccoli no Rio Comandai, município de Santo Ângelo, (Micro Central Hidrelétrica), com capacidade de Geração de 1,5 Megawatts. Juntas as duas geradoras chegam a produzir 25% da energia distribuída pela Cermissões.

– Subestação São Miguel Arcanjo – Inaugurada em novembro de 2014, para atender à crescente demanda de carga para irrigação na região de São Miguel das Missões.

– Prêmio IASC Brasil –  Nos anos de 2015, 2016 e 2017 a Cermissões alcançou o maior índice mundial de satisfação do Consumidor, através de pesquisa da Aneel, sendo reconhecida como a melhor permissionária distribuidora de energia elétrica do Brasil.

– Troca do último poste de madeira – Em agosto de 2018 foi realizada a troca do último poste de madeira nas redes de distribuição da Cermissões.

– Subestação Santo Antônio – Inaugurada em novembro de 2018. Também construída para garantir estabilidade na energia entregue, e carga para irrigantes na região de São Luiz  Gonzaga, Bossoroca e Santo Antônio das Missões.

– Novo Centro Administrativo –  Inaugurado no dia 18 de fevereiro de 2021, uma sede nova, com todos os recursos tecnológicos e infraestrutura moderna, para oferecer condições excelentes de trabalho aos colaboradores e materializar a evolução da cooperativa em seus 60 anos.

Gestão focada nos resultados

A Cermissões fechou 2020 com um total de 31.105 associados, e para atender os mais de 27 mil consumidores, disponibiliza de 213 colaboradores, possui frota de veículos renovada, e tecnologia de ponta com sistemas de gerenciamento que proporcionam agilidade e controle na prestação de serviços.  Na área da permissionária estão estendidos 6.249 km de redes.

Como presidente do Conselho de Administração por 34 anos, Diamantino Marques dos Santos evidencia que a receita para a solidez da cooperativa se chama: trabalho, seriedade e honestidade. Precisou comprometer o crédito pessoal no início de sua gestão, mas hoje conta com alegria a importância do trabalho conjunto entre o Conselho de Administração, colaboradores, e o apoio incondicional dos sócios, que também acreditaram na cooperativa e no seu modelo de gestão.

Com equipe bem qualificada a Cermissões trabalha focada nas expertises de mercado, visionando o futuro, e investindo com segurança. “Nós temos no plano estratégico uma visão do futuro relacionado ao consumo de energia elétrica, porém investimos sempre acompanhando a demanda do mercado, e lendo estas mutações para não errar na hora de decidir” explicou o Presidente da Cermissões, Diamantino Marques dos Santos. “Chegamos aos 60 anos com excelente infraestrutura, sem dívida, dinheiro em caixa e com projeção de redução de até 16% na tarifa de energia até 2022”, comemora.

Além de ofertar serviços com qualidade, a Cermissões investe na formação e qualificação de sua equipe, prezando sempre pelo atendimento preciso e eficaz na solução de problemas, quando levantados pelo associado. Através das tecnologias disponíveis, possui alta capacidade de comunicação interna, reduzindo o tempo de atendimento em ocorrências de falta de energia, e disponibiliza ampla plataforma de relacionamento com o associado, tanto online como presencial, através dos postos de atendimento na região.

O futuro

Em 2020, de forma conjunta com outras cooperativas de infraestrutura, foi realizada a compra coletiva de energia elétrica do Mercado Livre, que irá proporcionar  a partir de 2022 uma redução de 16% na tarifa de Energia Elétrica. Em 2021 dois grandes empreendimentos irão marcar o futuro da Cermissões. O alimentador Santo Ângelo/Entre-Ijuís, que possui a previsão de estar com seus cabos energizados até o final do primeiro semestre do ano, aumentando a capacidade de carga para atender a demanda na região de Entre-Ijuís e São Miguel das Missões. Em abril há projeção de entrar em operação a fábrica de postes, que será reativada, com equipamentos modernos e tecnologia de ponta, proporcionando economia e controle de qualidade na fabricação de postes.

Para melhorar o fornecimento de energia elétrica na região de São Paulo das Missões e Porto Xavier, está em estudo a construção de uma rede troncal entre São Paulo das Missões e Porto Xavier, para proporcionar maior controle na qualidade distribuição, devido aos inúmeros problemas de falta de energia da RGE, fornecedora naquela região. Também está em estudo a construção de uma nova subestação na região de Cerro Largo, que irá oportunizar autonomia na distribuição e deixando todo sistema de distribuição da Cermissões, interligado.

E assim a Cermissões comemora seus 60 anos de fundação, com o compromisso de melhorar sempre, e oportunizar condições para que o associado consumidor possam se desenvolver, contando com a cooperativa como parceria para o seu crescimento.

Fonte: Cermissões