Bossoroca está com 27 casos ativos de covid-19 e prefeito faz um apelo

Compartilhe!

O município de Bossoroca enfrenta atualmente o pior momento da pandemia.  A cidade que possui pouco mais de 6 mil habitantes registra 27 casos ativos da covid-19. Em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9 nesta sexta-feira (5) o prefeito José Moacir Fabricio Dutra (Juca) se mostrou preocupado com a situação.

Juca informou que realizou na manhã desta sexta-feira uma reunião com a Secretaria de Saúde e vereadores para traçar estratégias e conter o avanço da doença no município. Segundo ele, a administração está pensando em deliberar um decreto ou restrições para que aglomerações deixem de ocorrer na cidade. “Junções em canchas de bocha e bares precisam acabar, pois não é necessário e os profissionais de saúde merecem respeito nesse momento”, enfatizou o prefeito.

Sobre o ano letivo no município de Bossoroca, Juca informou que na próxima semana os prefeitos da região estarão reunidos com a Associação dos Municípios das Missões para definir uma estratégia sólida e segura para garantir o retorno das aulas, mas já adiantou que a ideia da entidade é inserir o ensino híbrido nas escolas (presencial e remoto).

Desde o início da pandemia, o município de Bossoroca registrou 148 casos da doença e quatro óbitos. Além das 27 pessoas que estão com o vírus ativo no organismo, outras 34 encontram-se em isolamento domiciliar com sintomas gripais. Até esta sexta-feira (5) dois moradores do município estão internados na ala covid-19 do Hospital São Luiz Gonzaga e uma paciente foi transferida para um leito de UTI da cidade de Ijuí.

Rádio Missioneira