logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Barragem se rompe parcialmente no Rio das Antas, diz governador

Compartilhe!

A Barragem 14 de Julho, localizada no Rio das Antas, entre Cotiporã e Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, se rompeu parcialmente na tarde desta quinta-feira (2). A informação foi confirmada pelo governador Eduardo Leite.

“Nós recebemos, há pouco tempo, a informação do rompimento da ombreira direita da barragem 14 de Julho. O efeito não vai ser de uma devastação, enxurrada, mas vai ter o curso livre do Rio Taquari”, afirmou Leite.

A orientação do governo é que moradores de municípios próximos, como Santa Tereza, Muçum, Roca Sales, Arroio do Meio, Encantado, Colinas e Lajeado, deixem as áreas de risco e busquem abrigo em regiões mais altas para permanecer durante elevação do Rio Taquari, que nesta quinta chegou a 31,2 metros. O patamar é superior ao da enchente registrada em setembro de 2023.

As pessoas que não tiverem locais alternativos para se abrigar devem buscar informações junto à Defesa Civil sobre os abrigos públicos disponibilizados pelas prefeituras, rotas de fuga e pontos de segurança.

Em nota, a Companhia Energética Rio das Antas (Ceran) informou que o ocorrido se deu “devido ao contínuo aumento da vazão do Rio das Antas e das fortes chuvas que atingem o estado”. A Ceran acrescenta que a Defesa Civil foi comunicada.

Fonte: G1 RS

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.