Baixa procura pela vacinação contra a covid-19 preocupa São Nicolau

Compartilhe!

Cerca de 700 moradores ainda não tomaram a primeira dose. “Não podemos obrigar, mas é uma questão de respeito”, diz secretário

O secretário de Saúde de São Nicolau Vilson Saturno, em entrevista ao programa Cidade Alerta nesta sexta-feira (6), voltou a fazer um apelo para que a comunidade local, com mais de 18 anos, compareça à Sala de Vacinas do município para receber as doses da vacina contra a covid-19.

Conforme Vilson, São Nicolau foi beneficiada pelo Governo Federal com mais de mil doses extras da vacina AstraZeneca para evitar o avanço da variante Delta do coronavírus. Atualmente, segundo o secretário, cerca de 700 pessoas ainda não receberam nem a primeira dose do imunizante.

“Não podemos obrigar ninguém a se vacinar, mas é uma questão de respeito, tanto com os profissionais que estão aguardando o comparecimento, quanto com o governo, que mandou as doses”, disse.

Segundo os dados da vacinação, disponibilizados pela Secretaria Estadual de Saúde, São Nicolau imunizou 71,8% da população-alvo com a primeira dose e 32% com a segunda. Conforme Vilson Saturno, o município registra apenas nove casos ativos e não contabilizou novas infecções nesta semana.

MOSQUITO DA DENGUE

O secretário informa, por fim, que o surto causado pelas doenças transmitidas pelo aedes Aegypti está controlado no município. Não há o registro de novas contaminações. Ao todo, São Nicolau confirmou no recente surto mais de 200 casos de febre chikungunya, 19 de dengue e quatro de Zika Vírus.  

 

Rádio Missioneira