Audiência avalia situação de acessos aos municípios sem asfalto

Compartilhe!

A Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul promoveu na segunda-feira (19) uma audiência pública, presidida pelo deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT), para discutir os planos do Governo do Estado na área de infraestrutura, como a manutenção de rodovias e construção das obras nos 62 municípios sem acesso asfáltico.

Participaram da audiência lideres municipalistas de todo o Rio Grande do Sul e o secretário de Logística e Transportes Juvir Costella. A situação dos acessos asfálticos à diversas cidades gaúchas, entre elas algumas na região das Missões, esteve em pauta. “A pressão da sociedade em cima desse assunto é muito importante e legítima”, afirma o deputado. Nos últimos meses, foram 11 acessos concluídos, oito estão com as obras adiantadas e mais seis já contam com recursos no orçamento e projetos aprovados para começar os trabalhos, totalizando 25 acessos. m

Conforme Loureiro, as prioridades do Governo do Estado nessas demandas incluem a concretização dos acessos asfálticos às cidades de Pirapó e Garruchos, a construção da ponte de acesso à Ubiretama, a conclusão das obras da ERS 165 em Rolador e a recuperação total do trecho da ERS 168, entre Bossoroca e Santiago. “É fundamental batermos seguidamente nesta tecla, para que as pautas da região das Missões não caiam no esquecimento”, avalia Loureiro.

Sobre a situação da pandemia de covid-19 na região missioneira, o deputado salientou que embora registrando menos casos, os municípios não podem relaxar no enfrentamento a doença. “Prefeitos e população precisam apelar, neste momento, para o bom senso”, considera Eduardo Loureiro. O parlamentar conclui ressaltando que a ampliação dos grupos prioritários na vacinação é fundamental e que professores precisam ser imunizados o quanto antes, para que o retorno das aulas presenciais seja possível.

Rádio Missioneira