logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Áreas de Garruchos ficaram quatro dias sem energia: “É insuportável”, diz vice-prefeito

Compartilhe!

Os frequentes problemas no fornecimento de energia elétrica em Garruchos estão se agravando e a situação está, mais do que nunca, preocupando as autoridades locais. Em entrevista para a Rádio Missioneira nesta terça-feira (26), o vice-prefeito Carlos Cardinal comentou sobre o assunto.

Segundo Cardinal, um dos casos mais preocupantes acaba de ocorrer. Devido ao temporal da última quinta-feira (21), alguns moradores do interior ficaram quase cinco dias sem energia elétrica. Na região do Sarmento, o serviço foi restabelecido somente nesta segunda-feira (25).

“É um caos, isso é insuportável”, desabafou o vice-prefeito. Cardinal também declarou que a situação vem ocorrendo com a empresa RGE há anos e que os responsáveis fornecem esclarecimentos, mas poucas soluções.

Recentemente, a prefeitura emitiu uma nota de repúdio contra a empresa, após o Baile do Município, dentro das celebrações do aniversário de 32 anos de emancipação de Garruchos, precisar ser encerrado devido à falta de energia elétrica.

“Existe outras medidas que a prefeitura irá tomar no sentido de que a empresa garanta o fornecimento de energia. Nós entendemos que a questão dos temporais e dos raios causa problemas. Agora, Garruchos vem tendo esses problemas agravados nos últimos tempos”, afirmou.

Cardinal lembra que a falta de eletricidade prejudica vários setores. Na cidade, agências bancárias, por exemplo, não conseguem prestar serviços essenciais à população. O abastecimento de água do município fica prejudicado, já que é realizado totalmente através de poços artesianos.

No último temporal, a cidade de Garruchos ficou 35 horas às escuras.

Foto: reprodução/Robesom Ossemer

Rádio Missioneira

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.