Após um ano, aulas presenciais retornam nas escolas estaduais de São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

As escolas da rede estadual de ensino retornaram as aulas presenciais nesta semana em São Luiz Gonzaga. A Rádio Missioneira visitou o Instituto Estadual de Educação Osmar Poppe para acompanhar de que forma as atividades estão sendo realizadas.

Conforme a diretora Mirian Morais, apenas o ensino fundamental voltou às atividades em sala de aula nesta semana. O retorno ocorreu de forma escalonada e seguindo todos os protocolos sanitários aprovados pelo plano de contingência do Estado. A partir de segunda-feira (10) os estudantes do ensino médio poderão retornar.

No Instituo Osmar Poppe, as turmas foram divididas em grupos de até 9 alunos (para as salas menores) e 12 alunos (para salas maiores). Um distanciamento de um metro e meio é respeitado entre cada classe. Os estudantes devem utilizar máscara o tempo todo e a escola fornece álcool em gel e tapetes sanitizantes.

Cada grupo de alunos frequenta uma semana as aulas presenciais. Os estudantes que estão em casa recebem o mesmo material didático que é ofertado no sistema presencial e assistem, ao vivo, a aula que está sendo aplicada na escola.

A carga horária das aulas é de três horas. De manhã, os alunos entram as 8h30 e saem as 11h30. Já no turno da tarde, as atividades iniciam as 13h15, com término as 16h15. Não há intervalo e todos os espaços coletivos não são utilizados, como quadra esportiva, salão de atos e parque infantil. As aulas de educação física são realizadas dentro da sala.

A diretora Mirian destaca que o retorno presencial não é obrigatório. Cada família deve assinar um Termo de Responsabilidade, informando se autoriza o aluno a frequentar ou não a escola. A merenda, conforme Mirian, ainda está em processo de licitação, por isso cada estudante deve levar o seu lanche.

Mesmo seguindo todos os protocolos sanitários, a diretora do Instituto Osmar Poppe ressalta que adesão dos alunos às aulas presenciais tem sido baixa. Nos anos iniciais, uma média de oito alunos por turma retornaram. Em levantamento realizado com familiares de estudantes do ensino médio, a adesão indica ser ainda mais baixa, com médio de 5 alunos por sala de aula. Atualmente, apenas 20% dos alunos retornaram.

 

“Estamos seguindo todas as medidas preventivas para proporcionar um retorno seguro aos estudantes e queremos tranquilizar os pais que a volta de seus filhos às salas de aula não é obrigatória, ficando a cargo da família decidir o momento mais oportuno para isso”, conclui a diretora Mirian.

 

Rádio Missioneira