AMM emite Moção de Apoio à agricultura e à pecuária familiar do Rio Grande do Sul

Compartilhe!

O presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), prefeito Ricardo Klein, assinou e torna público uma Moção de Apoio à Agricultura e à Pecuária Familiar do Rio Grande do Sul, com o objetivo de reforçar o pedido de apoio frente a duas demandas do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag/RS), no que tange o corte do orçamento da união nas políticas e programas da agricultura familiar e a pauta de demandas para o Plano Safra 2021/2022.

Considerando os últimos acontecimentos para os agricultores e pecuaristas familiares no Rio Grande do Sul, que ainda vêm sofrendo impactos financeiros de duas severas estiagens e há um ano somando perdas com a pandemia, o setor vivencia uma situação difícil. Apesar de os meios de comunicação divulgarem informações referentes à safra recorde e sobre a valorização no preço dos produtos agrícolas, a realidade nas propriedades é diferente. O aumento no custo de produção nos últimos meses fragilizou o ganho real sobre a atividade.

Verificando toda a situação, solicitamos que dialogue junto com os demais parlamentares para que seja reposto o valor retirado do orçamento para as políticas e os programas da agricultura familiar quando da aprovação da LOA 2021. A retirada de orçamento impacta diretamente nas ações de desenvolvimento e estruturação da agricultura e da pecuária familiar.

O documento também solicita que todos tomem conhecimento da pauta da Fetag/RS e dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais para o Plano Safra 2021/2022, pois é através da publicação do Plano Safra que a agricultura e a pecuária familiar terão a possibilidade de reforçar a esperança e acreditar que existem representantes do povo que ainda acreditam na força dos homens e mulheres do campo.

“Juntos, as entidades e os representantes do povo, podemos contribuir com os agricultores e os pecuaristas familiares, pois são os responsáveis pela produção dos alimentos que chegam na mesa dos brasileiros. Pedimos a atenção e empenho de todos os representantes gaúchos na bancada federal, para que possam atuar nas demandas apresentadas, para acalentar e dar esperança às famílias que dedicam suas vidas ao cultivo na terra”, é o que reforça o presidente Ricardo Klein.

Fonte: Associação dos Municípios das Missões