logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

AGSL dá largada para a temporada 2024

Compartilhe!

Ocorre na manhã desta quarta-feira de cinzas, com encontro entre atletas e comissão técnica no Villa Beach, seguida das primeiras atividades físicas no Complexo Esportivo Cícero Cavaleiro, a apresentação do grupo da AGSL para a temporada de 2024. Contando com uma mescla de jogadores remanescentes do ano passado com alguns novos nomes no elenco, a equipe inicia os trabalhos com foco nas competições do futsal gaúcho que terá pela frente.

O técnico Diógenes Tramontini segue comandando o time. “Muito feliz por reiniciar mais um trabalho na AGSL. Esperamos ter um grande ano, que será de muito trabalho e muitos desafios, mas acredito que vamos ter um grupo forte para superar todos eles.” O treinador adiantou também que os trabalhos serão diários até sábado. “Vamos aliar a preparação física com os primeiros contatos dos atletas com a bola em atividades aqui no Villa Beach, na Cícero, na academia e na quadra do Ginásdio JB Loureiro. Não temos muito tempo até a estreia na Copa Farroupilha”, destacou Dió.

O preparador físico Valtair Marasca, o Vata, assim como o técnico Dió, segue na equipe técnica. “Queremos ser melhores do que ano passado, onde faltou pouco para podermos chegar nas finais da Série B. Já montamos um cronograma de treinamento e agora vamos avaliar atleta por atleta para saber quem pode precisar de um trabalho mais específico. Começamos hoje uma corrida contra o relógio na parte cardio respiratória com atividades diárias para deixar o pessoal em forma para o início dos trabalhos com bola.”

Projeto a longo prazo – O presidente da AGSL, Pascoal Cadore, destacou a luta e a vontade de competir e vencer de todo o grupo. “É uma satisfação começarmos mais uma temporada. Contamos sempre com apoio da comunidade e dos patrocinadores e o objetivo agora é implantar um projeto maior, de continuidade e que nos dê segurança para os próximos três pi quatro anos.”

Cadore destacou que a associação locou uma casa para receber e dar acompanhamento completo aos seus atletas. “Temos um calendário extenso ao longo do ano, o que é muito importante, mas que também nos impõem desafios”, completou o presidente.

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.