Aeroporto de São Luiz Gonzaga pautou reunião em Porto Alegre

Compartilhe!

Município busca a cedência da área – que pertence ao Estado – para a realização de melhorias  

Na quinta-feira (9), cumprindo agenda em Porto Alegre, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, esteve reunido com o secretário-chefe da Casa Civil do Estado do Rio Grande do Sul, Artur Lemos Júnior. A pauta do encontro foi a solicitação do município para a reversão ou a realização de parceria com o Estado para viabilizar a aplicação de recursos do município no Aeroporto de São Luiz Gonzaga.  

A reunião foi agendada com o intermédio do assessor jurídico da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Luís Fernando Cavalheiro Pires e contou com a participação do presidente da Coopatrigo, Paulo Pires.   

A área do Aeroporto de São Luiz Gonzaga foi adquirida pelo aeroclube local há 60 anos e posteriormente doada ao Estado. A proposta do município foi solicitar a reversão da área para a prefeitura ou novamente para o aeroclube. Caso não seja possível, o município buscará uma parceria pública com o Governo do Estado. A proposta é executar a pavimentação da pista do aeroporto para facilitar a aterrisagem e decolagem de aeronaves.  

O prefeito Sidney Brondani comentou a proposta.

“Essa obra na pista irá proporcionar melhorias e agilidade no acesso ao município e região, possibilitando novos investimentos e novos negócios. Além de melhorias executadas pelo município, também teríamos a parceria da iniciativa privada para ampliar o local. Mas para isso, precisamos de segurança legal, que nos permita realizar essas melhorias e parcerias em prol do desenvolvimento de São Luiz Gonzaga”.  

Após contato com o senador Luis Carlos Heinze (Progressistas) e o deputado federal Jerônimo Goergen (Progressistas), o chefe do Executivo são-luizense também informou que – caso a parceria seja realizada – será possível a destinação de emendas parlamentares pelo senador e pelo deputado para investimentos na infraestrutura do aeroporto.  

O secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, parabenizou o município pela mobilização e o interesse de executar melhorias na área. Porém, Lemes explicou que realizar a reversão não seria viável devido ao Aeroporto de São Luiz Gonzaga integrar o sistema aéreo do Rio Grande do Sul, mesmo o Estado não podendo – atualmente – realizar investimentos no local. O secretário concordou com uma parceria pública duradoura, na qual o município e a iniciativa privada poderão investir no aeroporto. O pedido feito pelo Executivo são-luizense foi encaminhado ao Setor Aeroviário e também à assessoria jurídica da Casa Civil para o estudo de viabilidade da parceria.     

Foto: Jacson Brandão / Gabinete do Prefeito   

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga