Abertas as inscrições para CNH Social - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
6 de novembro de 2013
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Abertas as inscrições para CNH Social

6 de novembro de 2013 l 07:44
Materia atualizada: 06/11/2013 l 07:44




Compartilhe!

Estão abertas, a partir desta quarta-feira, as inscrições para tirar carteira de habilitação no projeto CNH Social através dos Centros de Formação de Condutores (CFCs). Nesta terça-feira, no Palácio Piratini, o diretor-presidente do Detran/RS, Leonardo Kauer, assinou o edital que garantirá o benefício a 7 mil gaúchos, que podem pleitear primeira habilitação, adição de nova modalidade (carro ou motocicleta) e troca de categoria (para as C, D, ou E) sem custos. O cadastro vai até o dia 29 de novembro e o sorteio será realizado em 11 de dezembro.

As pessoas beneficiadas pelo programa estarão isentas do pagamento de todas as taxas para os serviços de habilitação, dos exames médicos e psicológicos, do curso teórico-técnico, do curso prático de direção veicular e locação de veículos, e também dos exames teórico e prático. Candidatos reprovados nos exames poderão refazê-los uma única vez, sem ônus, garantido um acréscimo de oito aulas práticas aos reprovados no exame prático. Com a CNH Social, pessoas que vivem de reciclagem, por exemplo, poderão trocar as carroças pela profissão de motorista, exemplificou o Detran.

Também tem o Detran/RS a preocupação de proporcionar às mulheres a condição de se tornarem profissionais de caminhões e ônibus. “Atualmente, menos de 5% dos motoristas profissionais com carteira de habilitação C, D, e E são mulheres”, relatou o diretor-presidente.

O chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, destacou que o departamento ganha uma nova dimensão a partir da CHN Social. “O Detran está marcado com a corrupção. Este projeto serve para melhorar a imagem da instituição e dos servidores. Além disso, é um instrumento de inclusão social”, reconheceu. O secretário de Administração e dos Recursos Humanos, Alessandro Barcellos, avaliou a CNH Social como um serviço de capacitação. “Muitos tinham dúvidas se colocaríamos em prática este projeto. A CNH é requisito para o mercado de trabalho. Vamos tirar muitas pessoas da informalidade e auxiliar na diminuição de acidentes”, explicou.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados