logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

5º Manifesto Canto e Poesia Nheçuano em Roque Gonzales superou expectativas

Compartilhe!

A região missioneira, a cada dia, se fortalece mais com a diversidade cultural dos eventos promovidos pelos 26 municípios que integram a Associação dos Municípios das Missões (AMM). Nos dias 15 e 16 deste mês de novembro o município de Roque Gonzales mostrou sua potencialidade cultural, com a realização da 5ª edição do Manifesto Canto e Poesia Nheçuanos, organizado pela Associação Cultural Nheçuana e apoiadores. O evento reuniu artistas de vários segmentos e países. Participaram compositores, historiadores, músicos, poetas, escritores, declamadores, professores, indigenistas, conhecedores e apreciadores da história de luta do líder guarani Nheçu, em defesa da cultura indígena. Também marcaram a programação a inauguração da Biblioteca Pública Cacique Nheçu; exposição de artefatos e artesanato Guarani; cavalgada Nheçuana Guarani; shows; lançamento de livros; debates; palestras e declamação de versos. A festa foi prestigiada pelo público de todas as idades e por autoridades municipais, entre elas a prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia.

Na oportunidade, os integrantes da comissão organizadora Marco Aurelio Marques, Júlio Cesar Ribas, Giani Schmidt da Silva e Adriano Reisdorfer pediram o apoio do poder público municipal e da comunidade para que a iniciativa ganhe força e tenha o merecido reconhecimento. "Com a nossa garra e ajuda do poder público, o Manifesto terá mais visibilidade e condições de se tornar cada vez mais forte”, destacou Marco Aurelio, presidente da Associação Cultural Nheçuana, garantindo que a meta é levar o evento de Roque Gonzales para o mundo, pois resgata a história da implantação das reduções jesuíticas na região das missões. Já o vice-presidente da Associação, Giani Schmidt da Silva agradeceu a todos os apoiadores e colaboradores pela participação voluntária em todas as edições do evento, em especial ao amigo e parceiro do manifesto Jair Griebler (in memoriam), um dos principais incentivadores do projeto. "Nesta terra viveu um grande líder que simplesmente defendeu seu povo, seu território e sua cultura, por isso acredito que Nheçu não pode ser trazido para a história como assassino", ressaltou.

O prefeito anfitrião, Sadi Wust Ribas fez questão de destacar que o evento é uma grande potência cultural no município, assim como a estruturação do local de lazer a beira do lago da barragem conhecido como Prainha, que será um grande atrativo de caráter regional, e anunciou: "Já conseguimos a licença prévia para a construção da praia e vamos incluir em nosso orçamento este importante projeto que é o Manifesto Canto e Poesia Nheçuanos, já aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Vereadores", assegurou o prefeito. Ele afirmou ainda que a o evento cultural fará parte do calendário oficial dos eventos de Roque Gonzales e que vai trabalhar com sua equipe para que no próximo ano a festa seja realizada na praça do município. "A história cultural do Manifesto que leva a verdadeira história da nossa cidade, e porque não dizer das missões, e a Prainha, como atração turística, trarão desenvolvimento para Roque Gonzales e região", completou.

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.