logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Reunião discute compras da Agricultura Familiar obrigatória pela atividade pública

Compartilhe!

Na sexta-feira 25.4, às 9:00 no Auditório do Bloco A da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS [Prédio Novo], em Cerro Largo, ocorrerá encontro que debaterá as compras institucionais obrigatórias pelas prefeituras municipais, compras pelos Presídios, Quartéis e Universidades Públicas.

O Evento contará com a presença da Senhora Heloísa Nizani Torres Sub-Secretária de Administração do Estado do Rio Grande do Sul, que é a responsável do Programa Fornecer, que coordena dentro do Estado às compras institucionais.

A legislação atual obriga os instrumentos públicos, municipais, estadual e federal a comprar no mínimo 30% de produtos da agricultura familiar, o que valoriza muito a produção local da Região das Missões e vem na direção de desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local da Agroindústria Familiar das Missões – APL Missões, que vem trabalhando nos 25 municípios missioneiros, no planejamento e na produção dos Agricultores familiares missioneiros.

No primeiro ano de atividade a URI – Santo Ângelo foi à responsável pelo projeto e agora no segundo e terceiro ano a Rede das Cooperativas, Associações e Agroindústrias da Agricultura Familiar do Território Missões – REMAF é a responsável.

Como o tema é de fundamental importância, por estabelecer pautas de comercialização fixa mensalmente aos agricultores familiares, a reunião torna-se fundamental para o desenvolvimento econômico e social missioneiro, visto que a região está buscando solução para o aumento de produção dos produtos consumidos regionalmente.

Cada município deverá levar a reunião seu comprador oficial, Secretário de Educação e Agricultura local, bem como os agricultores interessados em vender seus produtos à atividade pública.

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.