Unidade avançada do TRF em São Luiz Gonzaga foi pauta de audiência pública na capital

Se realizou nesta sexta-feira, 27 pela manhã a audiência da Seccional da OAB de São Luiz Gonzaga com o TRF – Tribunal Regional Federal da 4ª Região em Porto Alegre, em que foi apresentada reivindicação para ser instalada Unidade Avançada da Justiça Federal em São Luiz Gonzaga. A comitiva local foi recebida pelo presidente do TRF, desembargador Tabaaqui Hirose, Ele ouviu atentamente a apresentação do nosso pleito, pela presidente da Subseção da OAB, Neiva Genro Ojopi. Feita essa explanação e entregue o pedido formal escrito, com dossiê de apoio da AMM – Associação dos Municípios das Missões e ofício dos juizes desta Comarca, Gabriela Dantas Bobsin e Alan Peixoto de Oliveira, informando que 20% da demanda atendida diz respeito a processos previdenciários, por competência delegada da Justiça Federal, o desembargador Tabaaqui Hirose disse que examinará o pedido com especial atenção e boa vontade. Foi exatamente esse magistrado que criou as Unidades Avançadas no âmbito da Justiça Federal, com o objetivo precípuo de acelerar o atendimento às partes. Participou da audiência o Juiz Federal Eduardo Picarelli, natural de Santo Ângelo, que se mostrou simpático e atencioso à postulação de São Luiz Gonzaga.
Neiva Ojopi, que nos passou estas informações pelo telefone, hoje ao meio-dia, disse que o presidente da Seccional Estadual da Ordem, Marcelo Bortoluzzi, em viagem, foi representado, nessa audiência, por Jorge Sara, Coordenador das Subseções da OAB. A presidente da OAB local teve a companhia de seus colegas Mauro Wolkmer e Carina Balbé, ambos integrantes da direção desta Seccional. Carina também representou a Câmara de Vereadores de Santo Antônio das Missões, fazendo entrega ao presidente do TRF, de moção de apoio ao pleito de São Luiz Gonzaga. Também estavam presentes o prefeito Junaro Figueiredo, o presidente da Câmara de Vereadores Reni Rodrigues Lopes, o presidente da ALM – Associação dos Legislativos das Missões, José Antônio Caetano Braga e o presidente da ACI, Nilton Luís Teixeira.