Presidente do Sindicato Rural de São Luiz Gonzaga critica ideia de que agricultor é culpado por degradação ambiental - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
9 de agosto de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Presidente do Sindicato Rural de São Luiz Gonzaga critica ideia de que agricultor é culpado por degradação ambiental

9 de agosto de 2018 l 14:08
Materia atualizada: 09/08/2018 l 14:08




Compartilhe!

 

Nos últimos anos, muitas discussões surgiram sobre a ação da
agricultura no Brasil. Uma campanha publicitária na TV, que tem como slogan “Agro é Pop, Agro é Tech, Agro é
Tudo”, gera debates sobre vários temas, como a poluição do solo e o uso de
defensivos.

O presidente do Sindicato Rural de São Luiz Gonzaga, Luis Fernando Dorneles, afirma que é injusto culpar a classe pela degradação
ambiental. “Se desenvolveu essa ideia completamente absurda de que o agricultor
é um degradador do meio ambiente”, afirmou em entrevista ao Jornal da Manhã.

Nando, como é conhecido, defendeu que a atividade agrícola
gera emprego e movimenta vários setores da indústria, como de defensivos e
maquinários.  “Estudos recentes da Nasa
mostram que além de equilibrar a balança comercial, o agricultor preserva as
terras”, disse.  O presidente salientou
que existe a consciência da preservação e desenvolvimento do país.

Outra crítica de Dorneles é sobre a relação entre o uso de
agrotóxicos com casos de câncer. “Não existe estudo que comprove isso”,
argumentou.  Em sua visão, o agricultor é
penalizado. “Está na hora de a sociedade repensar e ver os benefícios da
agricultura, e não essa ideia totalmente errada”, complementou.

Em relação às atividades do sindicato, o presidente falou que
é boa a perspectiva de parceria com a Coopatrigo, para que instale um prédio no
parque. Desde julho, o atendimento aos associados é feito no local, em turno
único até às 14h.

Segundo Luis Fernando, a cooperativa foi bastante receptiva
com a proposta e utilizar uma área. Se trata da antiga pista de remates, a
única que não recebeu reformas recentes no parque. Ele acredita que a obra, em
forma de comodato, será realizada até a Expo São Luiz 2019.

.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados