Luta por ponte internacional em Porto Xavier ganha reforço da AMM

Será formada uma comissão de prefeitos missioneiros para somar esforços na viabilização dos resultados com os nomes das cidades contempladas.

A Associação dos Municípios das Missões (AMM) enviará ao governo federal documento formal, em nome dos prefeitos dos 26 municípios missioneiros, solicitando a divulgação do resultado dos estudos de viabilidade da construção de Ponte Internacional Porto Xavier-San Javier. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, dia 26 março, pelo presidente da AMM, Junaro Rambo Figueiredo, após reunião de diretoria da entidade, que aconteceu na sede, em Cerro Largo, revelando ainda que "na próxima assembleia da Associação formaremos uma comissão de prefeitos para representar a AMM em mais esta importante luta em favor do crescimento da região".

Resultado previsto para maio

Na reunião da diretoria, conduzida pelo presidente da Associação, com o apoio do secretário executivo, Laureano Alberto Schoffen, o prefeito de Porto Xavier, Paulo Sommer, atual vice-presidente da entidade, relatou que no mesmo dia, pela manhã, havia recebido das mãos de seu colega argentino, prefeito de San Javier, Rubén de Lima Natividade, uma prévia dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA). "San Javier tem recebido informações sobre os estudos, enquanto que nós, ainda não temos nenhum posicionamento", criticou Sommer. Três municípios disputam a obra: Porto Xavier e Porto Mauá, na região noroeste, e Itaqui, na região de fronteira.

A decisão do presidente Junaro Figueiredo de envolver a AMM ativamente no processo em defesa dos municípios de Porto Xavier/San Xavier foi tomada depois que o prefeito Paulo Sommer relatou que lideranças dos dois países estão buscando informações sobre o assunto, pois a decisão oficial dos dois governos só será anunciada no dia 02 de maio deste ano. "Precisamos acelerar o processo, pois o período eleitoral se aproxima, fator que irá impossibilitar algumas ações da união e estados", justificou o prefeito de São Luiz Gonzaga.

AMM na defesa dos pleitos regionais

O prefeito de Porto Xavier demonstrou o entusiasmo com a possibilidade da construção da ponte na região das missões. Segundo ele, "esta ponte vai ajudar no desenvolvimento de toda a região, pois o trajeto que liga o município de Santa Rosa a Posadas, na Argentina é mais perto por Porto Xavier do que indo por Porto Mauá", explicou Paulo Sommer, enfatizando que "assim que o estudo confirmar a escolha atuaremos ainda forte para que a obra inicie o mais rápido possível", constatou ele.

Como vice-presidente da AMM, o prefeito de Porto Xavier garantiu que a Associação vai se mobilizar na luta pela construção da ponte internacional, a exemplo de outras lutas como a ferrovia Norte-Sul, as barragens, e a melhoria das rodovias, pois a região tem estradas sem condições de tráfego. "A Associação de Municípios das Missões é um órgão forte e teve expressivo destaque com a atuação do prefeito René Nedel na defesa dos pleitos regionais, e da mesma forma será com o prefeito Junaro Figueiredo, frente à presidência da entidade", garantiu Paulo Sommer.

Na reunião da diretoria da AMM também participaram o 2º secretário, prefeito de Caibaté, Sergio Birck; 1º e 2º tesoureiro, prefeito de Pirapó, Arno Werle e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; diretora do Departamento de Turismo (Detur), prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia e o vice-diretor, prefeito de São Miguel das Missões, Hilário Casarin; diretora do Departamento de Meio Ambiente e Agronegócios (Demaagro), prefeita de Guarani das Missões, Janete Dauek e o vice-diretor, prefeito de Santo Antônio das Missões, Puranci dos Santos.