Zumba: a dança latina que emagrece, tonifica e diverte - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
15 de agosto de 2014
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Zumba: a dança latina que emagrece, tonifica e diverte

15 de agosto de 2014 l 14:41
Materia atualizada: 15/08/2014 l 14:41




Compartilhe!

Quem passa pelo prédio da antiga Movelândia, na esquina das ruas Treze de Maio e Venâncio Aires, no Centro de São Luiz Gonzaga, escuta o apaixonante ritmo das músicas latinas. Quem entra no prédio vê um grupo de mulheres de diversas idades dançando animadamente, aos comandos da professora Tania Marchi. Nos perfis das redes sociais das são-luizenses, a hastag #partiuZumba #HojeédiadeZumba se tornou comum.

É o ritmo da Zumba que chegou para ficar. A música ‘’Bailando’’, com Enrique Iglesias e Descemer Bueno, é o hino oficial das aulas. Em apenas dois meses, a turma, que iniciou com poucas alunas, hoje ultrapassa 30. Tania já aumentou a oferta de horários para atender ao crescente número de mulheres que querem fazer as aulas de dança. ‘’Uma conta para a outra, que vem ver uma aula e não para mais’’, explica a experiente professora Tania, que apresentou a Zumba para São Luiz.

Muito além de entrar em forma

Criada pelo colombiano Beto Perez, a Zumba é uma mistura de ritmos latinos, como salsa, merengue e cumbia. Com movimentos simples nos braços e pernas a dança é poderosa para perder peso. Mais do que isso, os depoimentos das alunas mostram que a Zumba tornou a prática de exercícios prazerosa.

É o que conta a funcionária pública Carina Tamiosso. Aluna de Tania há dois anos, foi uma das primeiras a experimentar a nova aula na cidade. ‘’Não sabia de nada e hoje não perco a aula, é um exercício que dá motivação para fazer’’, destaca.

Todos sabem os benefícios da dança. E não é apenas a possibilidade de queimar mil calorias em uma hora de aula. Além de tonificar os músculos, a dança é capaz de diminuir o stress e melhorar as relações humanas. “Eu já dei aula de muitos ritmos, mas nada é parecido com a Zumba, vejo no olho das meninas o quanto é bom dançar”, explica Tania.

Sem limite de idade

Para a Zumba não há limite de idade. As aulas têm desde jovens de 20 anos a mulheres com 60 anos. A professora aposentada Jane Bolacel conheceu a dança através da filha que mora em Santa Catarina. “Ela me falou da Zumba, disse que eu tinha que procurar as aulas aqui, e adorei’’, conta.

Mesmo no frio, o número de faltas nas aulas é baixo. Ao contrário, foram criadas turmas pela manhã, tarde, noite e nos fins de semana para atender às alunas, o que demonstra o sucesso do ritmo. ‘’Eu saio daqui leve, muito melhor, venho mesmo no frio’’, conta a secretária Silva Penedo, uma das veteranas no ritmo.

Pelo que parece, a Zumba veio mesmo para ficar. Neste link, você confere fotos das aulas. E neste, os vídeos com as músicas da Zumba. A seguir, os horários das aulas. No link acima da notícia, ouça a reportagem em áudio realizada na aula de Zumba em São Luiz Gonzaga.

Escolha o melhor horário para fazer as aulas

Na segunda-feira, as aulas ocorrem à noite, das 19h às 20h e das 20h às 21h. Terças tem aula pela manhã das 8h às 9h e das 9h às 10h, à tarde das 16h às 17h e à noite das 19h às 20h e das 20h às 21h. Na quinta-feira, são oferecidas aulas pela manhã, das 8h às 9h e das 9h às 10h, à tarde das 16h às 17h e à noite, das 19h às 20h e das 20h às 21h.Na sexta-feira, os horários são: à tarde das 16h às 17h e à noite, das 19h às 20h e das 20h às 21h. Aos sábados, as aulas ocorrem à tarde, das 15h às 16h e das 16h às 17h. Informações pelo telefone 9987-5124 ou 8152-1067.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados