Vereadores irão analisar em comissão projeto de financiamento para recuperação de ruas de São Luiz Gonzaga - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
18 de setembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Vereadores irão analisar em comissão projeto de financiamento para recuperação de ruas de São Luiz Gonzaga

18 de setembro de 2018 l 10:09
Materia atualizada: 18/09/2018 l 10:09




Compartilhe!

A sessão da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga de ontem (17) discutiu projetos importantes para o futuro da cidade. Três foram apreciados na reunião. Um deles foi o anunciado ontem na Rádio Missioneira pelo prefeito Sidney Brondani. Se trata do projeto de um financiamento no valor de R$ 7 milhões, destinado à recuperação de estradas. Vereadores decidiram analisar em comissão especial, antes da votação.

O prazo é de cinco sessões para análise, sendo possível prorrogar por mais cinco reuniões ordinárias.  Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, o presidente Reni Rodrigues Lopes (MDB), avaliou a reunião e os encaminhamentos. “Acredito que deve ser aprovado sim. É importante esse financiamento, porque temos vários bairros e ruas que necessitam”, explicou. Ele acredita que a votação deverá ocorrer em menos de cinco sessões. Na entrevista ontem, Sidney afirmou que confia na aprovação por parte dos vereadores.

Outro projeto analisado e aprovado por unanimidade é sobre o fundo municipal de incentivo à cultura. A iniciativa parte após a aprovação, na sessão passada, da criação da secretaria municipal de turismo. O fundo tem objetivo de arrecadar recursos para as ações da área.

O terceiro projeto foi o que diz respeito à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019. A comissão permanente de finanças fará a análise antes da votação. Por fim, foi aprovado o projeto que autoriza o crédito adicional para empresa que fará a continuidade de obras de calçamento em Afonso Rodrigues. A vencedora da licitação abandonou o serviço, por isso foi convocada a segunda colocada. Como o processo ocorre há dois anos, foi necessário modificar os valores do projeto, que teve aprovação dos vereadores.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados