São Luiz Gonzaga irá intensificar a imunização contra a febre amarela no interior

Compartilhe!

Base da ação será um censo domiciliar desenvolvido nas localidades que possuem agentes comunitários de saúde 

De 1º a 30 de setembro, São Luiz Gonzaga irá intensificar a vacinação de pessoas contra a febre amarela. A base para a imunização será um censo domiciliar realizado no meio rural nas localidades que possuem agentes comunitários de saúde (ACSs). O público-alvo do censo serão pessoas de nove meses a 59 anos de idade que nunca tenham se vacinado ou que não têm comprovante de vacinação e que residam na zona rural ou em áreas periurbanas.  

O censo será desenvolvido pelas equipes de saúde, visitando cada família do interior; verificando a carteira de vacinação e/ou conferindo a situação vacinal nas unidades de saúde para aqueles que não possuem registro. Os moradores das localidades não atendidas por ACSs serão informados pelos meios de comunicação para comparecerem nas unidades de saúde com a carteira de vacinação. Caso não comprove a vacina, será oferecido o imunizante. Confira os locais onde a vacina será disponibilizada no mês de setembro: 

Segundas- feiras: ESF Bairro Agrícola 

Terças-feiras: ESF Bairro Mário 

Quartas- feiras: Centro de Saúde, Duque de Caxias, Paz, Dr. Chico e Trinta 

Quintas-feiras: Centro de Saúde 

Sextas-feiras: ESF Bairro Floresta 

FEBRE AMARELA 

A febre amarela é uma doença grave com altas taxas de letalidade, mas passível de ser controlada com ações de vigilância, especialmente por meio da vacinação. Em 2021, a circulação do vírus da febre amarela voltou a ser registrada no Rio Grande do Sul. Mortes de bugios por febre amarela foram registradas, sendo o animal considerado um indicador da doença e alertando sobre o contágio. Os bugios não são transmissores do vírus, mas indicam a presença do agente infeccioso no ambiente silvestre.   

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA