Primeiro julgamento do caso menino morto com tiro na vila Auxiliadora ocorre nesta quarta-feira - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
25 de setembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Primeiro julgamento do caso menino morto com tiro na vila Auxiliadora ocorre nesta quarta-feira

25 de setembro de 2018 l 11:09
Materia atualizada: 25/09/2018 l 11:09




Compartilhe!

Ocorre nesta quarta-feira (26), a partir das 9h30min, o júri
popular do caso Israel Marques, menino de três anos, morto com um tiro em
outubro de 2016 quando estava no colo do pai. Eles haviam saído para comprar
doces em uma mercearia. O crime causou indignação na comunidade e repercute até
hoje na cidade
, em especial na Vila Auxiliadora, onde morava com a família.

O caso tem três réus, denunciados pelo Ministério Público,
acusados de homicídio qualificado com motivação fútil. Amanhã apenas um dos
réus, Luiz Felipe Panitz, será julgado. Ele terá na defesa a advogada Josiane
Balbé.

Leia mais:

Israel Marques: a Vila Auxiliadora e o tráfico um ano depois da tragédia que matou a criança

Na acusação está o promotor criminal Marcos Lamin. O júri
será presidido por Tiago Gomes da Cunha, que assumiu a titularidade da
vara criminal no início do mês. O magistrado tão logo começou o trabalho deu
prioridade ao caso e marcou o julgamento. Os três réus do caso permanecem
presos desde o crime. Eles ingressaram com vários pedidos de liberdade, todos
negados pela justiça.

O crime

Os relatos de testemunhas, tanto na fase judicial quanto na
fase policial, indicaram que a disputa pela venda de drogas na vila pode ter
motivado o confronto que resultou na morte de Israel. 

A criança, que estava no colo do pai, foi atingido por um
tiro mortal. Dois homens passavam pelo local em uma moto, dando tiros para o
alto. Outro indivíduo estava em uma casa ao final da rua, quando aconteceu a
troca de disparos. Um deles atingiu o tórax do menino, que morreu a caminho do
hospital.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados