Ocorrências atendidas pelo 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar região de São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

SOLICITAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Na data de 1º de março, em cumprimento a solicitação do Ministério Público de Santo Antônio das Missões, o 3º Batalhão Ambiental se deslocou até a localidade do Rincão do Ipê, interior do município, onde foi realizado vistoria ambiental em imóvel rural, anteriormente autuado, visando identificar o cumprimento de obrigação firmada com o Ministério Público local que versa sobre reparação de área degradada pelo uso irregular do fogo. A atual situação do local bem como o levantamento fotográfico será remetido posteriormente ao órgão solicitante.

PATRULHAMENTO AMBIENTAL RURAL

Na noite de 2 de março, o 3º Batalhão Ambiental efetuou patrulhamento ambiental rural, a fim de coibir crimes ambientais e furto abigeato na área de abrangência da Usina Hidrelétrica Passo São João, localizada no município de Roque Gonzalez, sendo fiscalizados locais geralmente utilizados por pescadores e caçadores ilegais. Posteriormente, o Comando foi até a localidade de Linha São José, interior de Salvador das Missões, na área da Usina Hidrelétrica Passo São José, sendo fiscalizados locais próximo ao vertedouro, e as margens do Rio Ijuí, onde foram abordados também quatro veículos de passeio e identificados seus ocupantes. Sendo que nada de irregular ou ilegal foi localizado nos locais (acampamentos), fiscalizados.

PATRULHAMENTO EMBARCADO

Na data de 03 de março, 3º Batalhão Ambiental efetuou patrulhamento embarcado no Rio Ijuí, na área de ação das Usinas Hidrelétricas Passo São José e Passo São João, abrangendo os  municípios de Salvador das Missões, São Pedro do Butiá, Cerro Largo, Rolador, Roque Gonzalez, Dezesseis de Novembro e São Luiz Gonzaga, a fim de coibir crimes ambientais e a pesca predatória, sendo recolhido do rio 100 metros de rede sem identificação e de malha não permitida.

SOLICITAÇÃO DE DELEGACIA DE POLÍCIA

Na data de 4 de março, em cumprimento a solicitação da Delegacia de Polícia de Dezesseis de Novembro, o 3º Batalhão Ambiental se deslocou até a localidade de Serra São Jerônimo, interior daquele município, a fim de verificar denúncia de extração e beneficiamento de vegetação arbórea nativa (palanques). Foi localizado o responsável pela propriedade rural, sendo localizado um pequeno estoque de palanques,o mesmo nos apresentou nota fiscal do produto, sendo verificado e confirmado a procedência da madeira encontrada.

FISCALIZAÇÃO EM PEDREIRAS

Na data de 5 março, em cumprimento a determinação do Comando Ambiental (CABM), o 3º Batalhão Ambiental realizou fiscalização em pedreiras de nosso município e no município de Cerro Largo, sendo que todos os empreendimentos operam em total acordo com suas Licenças Ambientais, e também não possuem paiol com explosivos. As detonações são realizadas em data previamente agendada com empresa terceirizada.

PATRULHAMENTO AMBIENTAL RURAL

Na noite do dia 6 e madrugada de 7 de março, o 3º Batalhão Ambiental efetuou patrulhamento ambiental rural a fim de coibir crimes ambientais e o furto abigeato, no interior dos municípios de São Nicolau, Dezesseis de Novembro, Roque Gonzalez e em nosso município, sendo abordados seis veículos, e identificados seus ocupantes. Não foi constatado nenhuma irregularidade e também nenhum tipo de evento ou aglomeração de pessoas que contrarie as normas de prevenção a pandemia covid-19.

SOLICITAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Na data de 8 de março, em cumprimento a solicitação do Ministério Público de São Luiz Gonzaga, o 3º Batalhão Ambiental deslocou até a localidade de Rincão Taquarixin, interior do município de São Nicolau, onde realizou-se vistoria em local de depósito de resíduos que é de responsabilidade do município. A atual situação do local bem como o levantamento fotográfico sera remetida posteriormente ao órgão solicitante.

DENÚNCIA DE POLUIÇÃO COM MORTANDADE DE PEIXES

Na data de 9 de março, através de denúncia anônima, o 3º Batalhão Ambiental se deslocou até a localidade de Rincão dos Leite, interior do município de Bossoroca onde constatamos próximo a uma lavoura de soja, manchas brancas no solo, possivelmente defensivos agrícolas(Agrotóxicos), que escoaram para um curso hídrico (Rio Pessegueiro), onde foram encontrados diversos peixes mortos (Jundiá, Lambarí, Traíra e Ferrudo). No local há indícios de que o pulverizador agrícola seja abastecido no rio(forte odor). Foi retornado ao local novamente juntamente com o apoio do fiscal agropecuário da SEAPI, e efetuado a coleta de água e peixes mortos, que se estendiam por 2,5 km do local, para serem em caminhados para análise em laboratório. Foi localizado o responsável pela área, sendo então diante dos fatos, confeccionado ocorrência policial.

PATRULHAMENTO EMBARCADO NO RIO URUGUAI

Na data de 10 de março, juntamente com o efetivo do 14º BPM(Operação Hórus), foi realizado patrulhamento embarcado no Rio Uruguai, o patrulhamento partiu de Porto Lucena até Porto Xavier, a fim de coibir crimes ambientais(pesca predatória) e contrabando, sendo fiscalizados locais geralmente utilizados por caçadores e pescadores ilegais. Foram recolhidos do rio cerca de 780 metros de rede sem identificação e de malha não permitida, sendo devolvidos ao rio diversos peixes.

OPERAÇÃO DE COMBATE A CRIAÇÃO E COMÉRCIO IRREGULAR DE PÁSSAROS NATIVOS

Na data de 11 de março, em cumprimento a determinação do Comando, foi realizado fiscalização a fim de combater a criação e comércio irregular de passeriformes nativos(pássaros), na localidade de Linha Norte, interior de  Porto Xavier, e também na Linha Caaró, interior de Caibaté. Não foram localizados em nossa área de ação, espécimes em cativeiro, criadores ou pontos comerciais irregulares.

AVERIGUAÇÃO EM RESIDÊNCIA

Na data de 12 de março, através de solicitação do Setor Ambiental do município de Santo Antônio das Missões, o 3º Batalhão Ambiental se deslocou até uma residência na área urbana do município, onde segundo a moradora havia uma cobra de médio porte nos fundos do pátio, fizemos buscas no local onde existem entulhos mas o réptil não foi localizado.

PATRULHAMENTO AMBIENTAL RURAL

Na noite de 13 de março, juntamente com o efetivo da  Força Tática do 14º BPM, o 3º Batalhão Ambiental efetuou patrulhamento rural no interior do município de Santo Antônio das Missões, e posterior no interior de nosso município, a fim de combater crimes ambientais, contrabando de defensivos agrícolas e furto abigeato, sendo abordados sete veículos e identificados seus ocupantes, não sendo localizado nada de ilegal ou irregular no decorrer do serviço.

PATRULHAMENTO EMBARCADO NO RIO URUGUAI

Na data de 15 de março, juntamente com o efetivo do 14ºBPM, (Operação Hórus), o 3º Batalhão Ambiental efetuou patrulhamento embarcado, a fim de coibir crimes ambientais, furto abigeato e a pesca predatória. O patrulhamento partiu de Porto Xavier até a localidade da Barra do Ijuí, na localidade de Rincão Vermelho. Durante o patrulhamento foram retirados do rio 1250 metros de redes armadas em locais proibidos e de malha não permitida(sem identificação), além de 750 metros de espinhéis. Todos os peixes que se encontravam presos nas redes foram devolvidos ao rio.

Fonte:  Comando Ambiental – O Braço Verde da Brigada Militar