Mais uma pessoa é presa por suspeita no caso do corpo encontrado carbonizado

Dando sequência à investigação relacionada ao corpo encontrado carbonizado às margens da ERS 168, próximo ao Rio Piraju, na terça-feira (24/11) a Polícia Civil prendeu temporariamente mais uma pessoa suspeita. Desta vez foi uma mulher, presa com o objetivo de prestar esclarecimentos e contribuir com os trabalhos de investigação.

Até o momento foram presas duas pessoas, sendo esta mulher e um homem – este preso no sábado, 14/11. Sobre a identidade da pessoa carbonizada, segundo a delegada Elaine Schons, responsável pelo caso, ainda não há definição da perícia, mas a Polícia já trabalha com a possibilidade de identificação, inclusive com confirmação de familiares. Com o avanço das investigações, trabalha-se com a hipótese de o crime se tratar de um latrocínio.

Rádio Missioneira