logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

II Semana das Engenharias continua até sexta-feira

Compartilhe!

Foi realizada na segunda-feira, a abertura oficial da 2ª edição da Semana Acadêmica Integrada das Engenharias. O evento reúne atividades como palestras, minicursos e jogos de integração, voltadas para os acadêmicos dos cursos de Engenharia Civil, Elétrica, Mecânica, Química e Química Industrial.

Na abertura oficial, foi realizada a palestra “A importância da Inovação para a formação dos Engenheiros do século XXI”, ministrada pelo diretor técnico da SCIT – Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Luciano Andreatta.

Luciano abordou os desafios para a aplicação da inovação nas engenharias, apontando as exigências do mercado, além da relação entre universidade e setor industrial. “Temos um momento de crescimento na procura dos cursos de engenharia. Os novos engenheiros serão os protagonistas do processo de evolução tecnológica. O que buscamos é estimular esses profissionais para a criatividade”, afirma.

Ele explica que o Brasil ainda tem uma participação pequena no setor privado de inovação. “Aproximar os acadêmicos da realidade do mercado é o grande desafio”. Segundo Luciano, programas como o Ciência sem Fronteiras, que coloca engenheiros e cientistas em contato com outras culturas, possibilitam um estímulo para a criatividade, mas não são suficientes. O diretor técnico aponta que a participação do mercado nos novos processos é o grande destaque de países que são modelos de desenvolvimento tecnológico, como a Coréia. “Aqui no Brasil, apenas 20% do incentivo à inovação vem do setor privado. Trabalhamos para aumentar esse índice”.

Para o desenvolvimento da tecnologia, Luciano aponta os Parques Tecnológicos como a principal alternativa. “A universidade e o setor industrial têm ritmos diferentes de trabalho. São rotinas e necessidades distintas. Os Parques Tecnológicos aproximam esses dois universos”, ressalta. Ele salienta que os Parques mudam o significado da Universidade, criando um modelo diferente do tradicional, e formando profissionais adaptados para as realidades e necessidades do setor industrial.

Luciano Andreatta ainda afirma que a inovação nos currículos das Universidades pode ser o caminho para a evolução das Engenharias: “As áreas com mais demandas de profissionais são específicas. Temos carências em áreas como petróleo e gás, biotecnologia, microeletrônica. Precisamos que o engenheiro tenha bagagem suficiente para atingir essas áreas específicas, com novos processos e novos materiais”. Assim, conforme ele, mudanças como a multidisciplinariedade, conexão entre as áreas de exatas e a integração entre vários campos podem ser encarados como estímulos da criatividade ainda na formação dos novos profissionais.

De acordo com o professor Mauro Marchetti, coordenador da área de Engenharias da URI Santo Ângelo, a Inovação tem sido um dos pilares da URI enquanto Universidade Comunitária. “Acrescentamos a busca pela inovação junto a fatores como o ensino, a pesquisa e a extensão. Fazer a integração entre os cursos de Engenharia permite um crescimento na formação tecnológica”, frisa. Ele reforça que a escolha das palestras na Semana Integrada foi para temas mais abrangentes, conhecimentos necessários para o avanço da tecnologia e inovação.

Dentro da programação da II Semana das Engenharias, ainda serão trabalhados temas como energias alternativas, biocombustíveis e energias renováveis. “Apenas haverá crescimento financeiro, se houver capacidade energética e tivermos condições de prestar suporte para os setores industriais”, justifica o professor Flávio Kieckow, coordenador do curso de Engenharia Mecânica. Ele ainda destaca que é necessário que os novos profissionais tenham essa consciência e busquem esse espaço no mercado de trabalho.

A II Semana Acadêmica Integrada das Engenharias continua até o dia 13 de junho, com palestras sobre biocombustíveis, energias renováveis e alternativas. Também acontecem atividades de integração esportiva e jantar de confraternização.

 

PROGRAMAÇÃO:

 

 

11 de junho de 2014 (Quarta-feira Noite)

Palestra: “Energia Eólica”

Palestrante: Empresário Moacir Antonio Locatelli – Indústria Fratelli, Santa Rosa, RS

Local: Auditório Prédio 05

Cursos: EM, EE, EQ

 

11 de junho de 2014

19h30min Palestra: “Segurança do Trabalho na Construção Civil”

Palestrante: Auditor Fiscal

21h Palestra: “DRONER aplicado a Engenharia”

Palestrante: Felipe Diaz de Carvalho

Local: Auditório Prédio 13

Curso: Engenharia Civil

 

12 de junho de 2014 (quinta-feira)

19h30min Palestra: “Concreto”

Palstrante:Prof. Geraldo Isaia – UFSM

21h Construção de Ensacadeiras no Rio Vacacai – Estudo de Caso

Local: Auditório Prédio 13

Curso: Engenharia Civil

 

13 de junho de 2014 (sexta-feira)

19h30min Palestra: Nova Norma para Projetos de Prevenção de Incêndios

Palestrante: Bombeiros Santo Ângelo

Local: Auditório Prédio 13

Curso: Engenharia Civil

 

13 de junho (sexta-feira)

19h30min Palestra: “Energias renováveis”

Palestrante: Representante da ELETROSUL

Local: Auditório prédio 5

Cursos: EQ, EE, EM

 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.